SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-O vereador “Barão”, que se diz pré-candidato a prefeito, ignora uma parlamentar de 1.600 votos


DSC_6700

DSC_6700

O vereador “Barão”, que se diz pré-candidato a prefeito, ignora uma parlamentar de 1.600 votos

A nota publicada no Blog do Paulão do Bem “Livre, Leve e Solta” título referente à desfiliação da vereadora Rayure Protásio do Solidariedade (SDD), não me causou surpresa, mas a forma como se deu é que me foi estranha.

Pouca gente sabe o esforço que fiz para que a parlamentar não deixasse o Partido do Movimento Nacional (PMN). Emanoel, seu marido, Clemilson, seu pai, e seu tio “Equinha”, são testemunhas e podem confirmar a minha participação nesse episódio.

Nunca duvidei que esse caminho eleitoral, por ela não apoiar Kelps Lima para deputado estadual, nas eleições passadas, lhe proporcionaria longevidade partidária. Falta de conselho não foi ela tem consciência disso. Foi uma decisão pessoal, simplesmente.

Logo após a campanha, eu soube que a vereadora foi levada ao gabinete do deputado estadual, ex-secretário do município, por Eudócio Mota e lá foi exigido dela cinco candidatos de 300 votos para serem filiados ao partido, caso contrário, teria que deixar o Solidariedade (SDD).

O que me causou espanto foi a falta de interesse do partido comandado, aqui, em São Gonçalo do Amarante, pelo vereador e presidente “Barão”. Vai entender um político que diz ser pré-candidato a prefeito e “empurra” para fora da sua plataforma eleitoral uma vereadora de 1.600 votos. Só existe uma justificativa para isso, está de malas prontas para oposição.

 

 



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.