Carregando...

SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-O ex-vereador Nonato Queiroz deixou o PSB, antes de Ricardo Mota ser denunciado pelo desvio de R$ 19,3 milhões do IDEMA


O ex-vereador Nonato Queiroz deixou o PSB, antes de Ricardo Mota ser denunciado pelo desvio de R$ 19,3 milhões do IDEMA

Antes mesmo do deputado estadual Ricardo Mota (PSB) ser denunciado pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte por desvios de R$ 19,3 milhões do IDEMA, o ex-vereador Nonato Queiroz já tinha tornado pública a sua desfiliação do partido.

Também quem teve o mesmo gesto foi o vice-presidente do diretório Municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de São Gonçalo do Amarante, RN, Arthur Queiroz, filho de Nonato.  A conselheira Tutelar Andreia Queiroz fez a mesma coisa.

Nonato está envergonhado, como todos os eleitores do deputado do município, por ter trabalhado e ajudado a eleger um político que está sendo acusado de supostamente chefiar um esquema criminoso dentro do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA).

O cargo comissionado indicado pelo deputado no governo de Rosalba Ciarline disse, em depoimento a Justiça do Estado, que estava tomando remédios para poder dormir por causas das pressões sofridas. Ricardo queria dinheiro ao vivo e sempre.

O ex-vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, RN, Raimundo Nonato Queiroz disse que vai aguardar os acontecimentos políticos para depois decidir qual partido irá se filiar. Agora vai só ficar observando a banda passar.

 

SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-O ex-vereador Nonato Queiroz deixou o PSB, antes de Ricardo Mota ser denunciado pelo desvio de R$ 19,3 milhões do IDEMA
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *