SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-Inicial / Em Pauta SINTERN luta pela valorização dos servidores da SET/RN


A Diretoria do Sintern reforçou a luta pelo atendimento das reivindicações da categoria. Foram várias as investidas ao Gabinete Civil. Entre as reivindicações está a reposição salarial de 2010/2011, ocasionadas pela sanção das leis 420 (reestruturação do PCR) e 9341/2010, equiparação da GDTA para o pessoal que trabalha em regime de plantão e declarações coletivas.

A direção do Sindicato sentindo que o andamento das solicitações da categoria estava com morosidade por parte da administração da SET, reuniu os representantes de todas as unidades de tributação da capital e do interior para cobrar celeridade no envio do Projeto de Lei que altera a lei 420 do PCR para a Assembleia Legislativa, para amenizar as injustiças cometidas por administrações anteriores.

O Sintern não obteve respostas ao pleito da categoria pelo Governo Estadual. Por isso, o Sindicato vai tomar atitudes firmes através de mobilização para que a categoria avance em seus direitos e conquistas.

Em outra frente de luta, a direção do Sintern entrou na justiça para assegurar os direitos dos servidores. O Sindicato moveu ações baseadas na Lei 420/2010 em benefício dos servidores ativos da SET/RN.

Os processos começam a ser  julgados como procedentes aos trabalhadores. É o caso dos 18 processos da causa de equiparação de parcelas para 20%. Esta ação traz de volta a dignidade dos ASG´s e motoristas da SET/RN.

Mais uma promessa cumprida por parte da nova diretoria do Sintern. Este é o caminho e o trabalho a ser seguido para fazer valer a justiça para quem tem o direito garantido. Serão um total de 82 técnicos que terão sua situação regularizada em relação a esta causa.

Primeiro foram as parcelas dos técnicos D, depois as parcelas dos ASG´s. Em seguida a luta se voltou para o plano de cargos e salários. A luta pelo reconhecimento e valorização dos servidores continuou com mais processos julgados procedentes, com isso a expectativa dos trabalhadores aumentam em relação à implantação. Por isso, a Diretoria do Sintern reuniu-se com os assessores jurídicos para solicitar agilidade dos processos do judiciário.

  • 13/05/2018



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.