SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-Em mensagem anual na Assembleia, governadora do RN fala de combate à Covid-19 e pede que deputados ‘lutem’ pela continuidade da vacinação



Governadora do RN, Fátima Bezerra (PT) durante leitura da mensagem anual na Assembleia Legislativa do RN — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN

Governadora do RN, Fátima Bezerra (PT) durante leitura da mensagem anual na Assembleia Legislativa do RN — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN

O combate à pandemia da Covid-19 foi o tema central da mensagem anual da governadora Fátima Bezerra (PT) lida na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta terça-feira (2), durante a sessão de abertura do ano legislativo de 2021. A governadora ainda pediu que os deputados também atuem na pressão pela continuidade da vacinação contra Covid-19.

O assunto foi citado no momento em que os municípios potiguares encerram a aplicação das doses recebidas nos três primeiros lotes enviados pelo governo federal. Na manhã desta terça-feira (2), Natal começou a aplicação das últimas 600 doses disponíveis. Mais de 23,3 mil pessoas foram vacinadas na capital.

Fátima também falou sobre educação, recursos hídricos e desenvolvimento econômico, entre outras áreas. Outro ponto de destaque foram os concursos na Segurança Pública.

Ainda no início do discurso, ao falar sobre a vacinação contra Covid-19, a governadora criticou “entes federativos” que não estariam cumprindo suas atribuições. “Ainda não as temos (vacinas) em escala suficiente, porque a demanda por elas é global e, infelizmente, nem todos os entes federativos cumprem suas atribuições com a celeridade e a eficiência exigidas pela gravidade do momento”, disse, antes de afirmar que o estado se preparou para receber os imunizantes. Veja a mensagem completa aqui.

A governadora ainda afirmou que as vacinas “estão chegando a conta-gotas” e cobrou a inclusão de profissionais de segurança e professores entre os públicos prioritários para a imunização. Ainda conclamou os deputados estaduais a “se somarem à luta” para que o plano nacional de imunização não tenha descontinuidade e acelere a vacinação.

“A vacinação do nosso povo potiguar se deve à vitória de uma frente que une cientistas, jornalistas, parlamentares, sindicatos de trabalhadores, entidades empresariais, religiosas e da sociedade civil. Uma frente ampla contra o negacionismo, o obscurantismo e o anticientificismo que ameaçavam dominar a nação, os estados, as capitais e os rincões. Ao final, a luz da ciência e da luta política nos vacinam contra sombrias políticas de extermínio”, declarou.

Ao falar sobre as atribuições do estado, Fátima afirmou que o governo contratou servidores para a saúde e abriu cerca de 600 leitos para pacientes com covid-19 – o que seria equivalente a “seis hospitais de campanha”, segundo ela. Também afirmou que, mesmo diante da crise agravada pela pandemia, o estado pagou em dia os salários dos servidores e que vem quitando os atrasados deixados pela gestão anterior.

Ao falar sobre Educação, Fátima afirmou que foi obrigada a fechar as escolas por causa da pandemia, mas disse que a Secretaria de Saúde tem garantido assistência aos alunos. Quando o assunto foi desenvolvimento econômico, a governadora citou programas como o Proadi – que concede incentivo a indústrias e, de acordo com ela, tem surtido efeito na manutenção e criação de empregos. Fátima também falou sobre segurança hídrica e focou na construção da barragem de Oiticica, que é desenvolvida com recursos federais, citando a importância do trabalho dos deputados também nessa área.

Sessão abre ano legislativo de 2021 na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. — Foto: João Gilberto/ALRN

Sessão abre ano legislativo de 2021 na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. — Foto: João Gilberto/ALRN

Solenidade

 

Por causa da pandemia, o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) dispensou a revista às tropas, a foto oficial e demais atos tradicionais na abertura das atividades legislativas. A primeira sessão ordinária do ano está prevista para esta quarta-feira (3). As sessões continuarão em formato hídrido – com os 24 deputados podendo participar em ambiente virtual ou presencial.

O presidente da ALRN afirmou que apesar de um ano atípico a Casa vai manter seu ritmo de atividades, assim como em 2020, sem prejuízo dos trabalhos em plenário e das comissões.

“A exemplo do que fizemos no ano passado, a nossa perspectiva é de uma atuação legislativa sem alteração dos trabalhos em plenário, das votações e debates. Em 2021 queremos também intensificar nossas ações de combate à covid-19 e somar esforços para conter o avanço da pandemia”, dsse.

O ano legislativo também inicia com mudança no colegiado de parlamentares com a posse do novo deputado estadual, Subtenente Eliabe (Solidariedade) que assumiu a cadeira após a vitória do deputado que tornou-se prefeito de Mossoró, Alysson Bezerra (Solidariedade). Com a mudança, as comissões também devem mudar os nomes dos membros para o ano de 2021.

200 vídeos

Município de Alexandria, no interior do RN, registra chuva de mais de 100 mm

Motociclistas batem de frente em rodovia na Grande NatalTouro foge de matadouro em Santa Cruz



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.