SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-Detentas fazem aula de canto em penitenciária de MS: ‘A música nos faz pensar em coisas boas novamente’


Detentas do Estabelecimento Penal Feninino de São Gabriel do Oeste, a 133 km de Campo Grande, estão fazendo aulas de canto. O projeto de musicalizaçãofoi criado pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) em parceria com a Fundação de Cultura do município.

São 21 detentas participando do projeto no Estabelecimento Penal Feminino de São Gabriel do Oeste — Foto: Agepen MS/ReproduçãoSão 21 detentas participando do projeto no Estabelecimento Penal Feminino de São Gabriel do Oeste — Foto: Agepen MS/Reprodução

São 21 detentas participando do projeto no Estabelecimento Penal Feminino de São Gabriel do Oeste — Foto: Agepen MS/Reprodução

No total, 21 mulheres participam do projeto das aulas de canto, implantado há dois meses na unidade. Segundo a Agepen, as aulas trabalham a disciplina e comportamento das internas com a prática do canto. Uma das participantes, a interna Jucélia Rodrigues, diz que o coral é uma oportunidade de voltar a sonhar.

“Aqui temos a motivação, a música nos faz pensar em coisas boas novamente, coisas construtivas. Faz a gente pensar em esperança, é uma chance de voltar à sociedade com novas ideias e projetos de vida”, declara.

De acordo com a Agepen, o projeto proporciona um sentimento agradável de bem-estar através da música. — Foto: Agepen MS/ReproduçãoDe acordo com a Agepen, o projeto proporciona um sentimento agradável de bem-estar através da música. — Foto: Agepen MS/Reprodução

De acordo com a Agepen, o projeto proporciona um sentimento agradável de bem-estar através da música. — Foto: Agepen MS/Reprodução

Para a assistente social e coordenadora do projeto na unidade, agente Cristiane da Silva Sobrinho, é muito importante a participação das detentas nas atividades, e resultado surpreendeu: “É um momento de interação com as demais, e proporciona a todas um sentimento agradável de bem-estar através da música, isso faz bem para qualquer pessoa”.

Ela explica ainda, que projeto tem contribuído na disciplina e comportamento das internas através das aulas de canto. “A arte musical também ajuda o cérebro a funcionar melhor, faz com que regiões diferentes sejam ativadas, melhorando, assim, a capacidade de memória e raciocínio de quem toca ou canta”, explica.

Segundo o diretor do presídio, Albino Gonçalves Lima Júnior, o coral também tem contribuído para a disciplina das reeducandas, tornando o ambiente da unidade mais harmônico, e a apresentação já tem data marcada:

“Vale destacar que as custodiadas irão fazer apresentação para as demais na celebração do almoço do Natal”, afirmou.

SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-Detentas fazem aula de canto em penitenciária de MS: ‘A música nos faz pensar em coisas boas novamente’
Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *