SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-‘Diretas Já’ e ‘Fora, Temer’ são hashtags mais compartilhadas


‘Diretas Já’ e ‘Fora, Temer’ são hashtags mais compartilhadas

A notícia publicada pelo GLOBO de que o presidente Michel Temer foi gravado pelo dono da JBS Joesley Batista, dando aval ao pagamento de propina a Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em troca do seu silêncio, dominou e se espalhou rapidamente pelas redes sociais nesta quarta-feira. Temer foi mencionado em 947.418 mensagens no Twitter, que na maioria das vezes foram compartilhadas por perfis que estão fora da polarização política entre usuários tradicionalmente contrários e favoráveis ao atual governo. As hashtags mais populares indicam ainda que predominou, ao menos no microblog, o apoio à saída do presidente do cargo e à convocação de eleições diretas.

O levantamento é do professor de Comunicação da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e coordenador do Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura (Labic) Fábio Malini. Os tuítes foram coletados entre as 22 horas de terça-feira e 22 horas desta quarta-feira, logo após serem divulgadas as informações comprometedoras sobre o presidente.

A área cinza da imagem abaixo indica usuários classificados como independentes da polarização, ou seja, que não retuítam perfis considerados predominantemente governistas ou de oposição a Temer. Em vermelho, perfis que costumam compartilhar conteúdos ligados à oposição ao governo e em amarelo aqueles classificados como governistas. Em azul, estão jornais e portais de notícias.

Fábio Malini explica que os pólos são montados com base no conjunto de usuários que retuítam determinados perfis.

Usuários que compartilharam menções a Temer | Fábio Malini, professor da UFES

— Tudo se dá em função de quem retuíta. Quando há muitos usuários que retuítam um conjunto de outros usuários, essa dimensão comum faz com que a posição desses usuários fique polarizada. Perfis mais conservadores tendem a retuitar outros perfis conservadores, por exemplo. O perfil do deputado Marcelo Freixo está em cinza porque foi retuitado por muitos usuários que não estão ligados a nenhum pólo das narrativas políticas.

O professor também explica que predominam três narrativas em torno do assunto na rede social. Uma é a dissipação e compartilhamento das últimas informações publicadas em primeira mão pelo GLOBO, seguida de publicações irônicas, piadas e “memes” da situação política e a terceira são análises e opiniões sobre os fatos.

— As mensagens fogem da própria linguagem política dos pólos. Tem uma coisa desse “non-sense” do Twitter, mas percebi que a audiência se caracterizou mais por fazer a crítica política de forma um pouco mais diversificada. Na rede também se tem um tom maior da ação coletiva que dispara uma vontade de ações coletivas exigindo eleições diretas e a saída de Temer — diz.

Na imagem abaixo, estão as hashtags de maior repercussão. Nos pontos em verde aparecem as com maior compartilhamento: #DiretasJá e #ForaTemer.

Hashtags mais usadas por usuários | Fábio Malini, professor da UFES

Além dos memes, um movimento que ganhou força entre os usuários do Twitter, assim que o conteúdo do grampo foi divulgado, foi retuitar posts antigos do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, preso em Curitiba. O objetivo foi satirizar as relações entre o ex-deputado e Temer.

Na base dos dados, O Globo

 

SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-‘Diretas Já’ e ‘Fora, Temer’ são hashtags mais compartilhadas
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *