Repórter da Band estava com Luciano do Valle


f_238708

O repórter da Band Fernando Fernandes estava com o narrador Luciano do Valle, indo de São Paulo para Uberlândia, quando ele passou mal e morreu na tarde deste sábado. Ao Brasil Urgente, o jornalista explicou como foi o resgate de Luciano e disse que perdeu um “paizão”.

“Nós tínhamos um voo 13h30 de São Paulo para Uberlândia, reclamou de dor nas costas. No voo, ele falou que estava mal e o doutor Roberto, um cardiologista que estava no voo, fez os primeiros socorros”, disse Fernandes.

Segundo o repórter, “ele estava branco, suava”. “Nós descemos do avião, Luciano teve dificuldade de andar e foi levado por uma ambulância até o Hospital Santa Genoveva”.

De acordo com o jornalista, ele reclamou de problemas de estômago e apresentava dificuldades de respirar. “O Corpo de Bombeiros também ajudou, ele foi para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e tentaram reanima-lo”.

“Ele deu entrada por volta das 15h15 no hospital, às 16h15 foi constatado o óbito do Luciano do Valle. Tentaram reanimá-lo por volta das 50 minutos”.

“Luciano do Valle era mais que um irmão, um pai. É lamentável tudo o que aconteceu, foram 20 anos entrando no avião com ele. Não tenho nem como falar. Minha ficha ainda não caiu. É duro falar, a tristeza é muito grande. Nossos domingos nunca mais serão os mesmos”, afirmou Fernando Fernandes emocionado.

Relembre a trajetória de Luciano do Valle em fotos:

  • Luciano do Valle durante entrevista Emerson Fittipaldi na época de Indy
Luciano do Valle durante entrevista Emerson Fittipaldi na época de Indy
8 / 10


A morte

O narrador Luciano do Valle, 70 anos, morreu neste sábado. Ele passou mal durante uma viagem de avião para Uberlândia, onde narraria Atlético-MG e Corinthians pela primeira rodada do Brasileirão. Luciano, que viajava de São Paulo, foi socorrido no aeroporto da cidade mineira pelo Corpo de Bombeiros.

Luciano marcou época na televisão brasileira desde a década de 70 e era o principal narrador da Band, onde teve duas passagens, de 1983 a 2003 e depois de 2006 até os dias de hoje. Transformou a emissora em Canal do Esporte. Além de se especializar na narração do futebol, foi um dos principais divulgadores dos esportes olímpicos. Narrou boxe, onde lançou Maguila. Também foi ícone da geração de prata do vôlei masculino na década de 80. Sua importância foi tão grande que ganhou o apelido de Luciano do Vôlei. No basquete, deu apelido de Magic Paula e Rainha Hortência, quando o time feminino conquistou o Mundial no início dos anos 90.

Apresentou ao Brasil a Fórmula Indy e também foi técnico e criador da Seleção Brasileira Masters de Futebol, que contava com ídolos e amigos como Rivelino, Edu e Dario.

Luciano se preparava para narrar a Copa do Mundo no Brasil e acreditava em mais um título da seleção brasileira. Otimista por natureza, também confiava na organização para o Mundial e acreditava em uma evolução do país depois de receber o maior evento do futebol.

Também não pensava em aposentadoria. Em 2012, chegou a se afastar das suas funções devido a um problema de saúde, mas se dizia entusiasmado com os próximos eventos esportivos do Brasil. 



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.