Reforma da CLT esgota fôlego da gestão Temer


Compartilhe
 Imprimir Comunicar erro

 

Loading...

O Senado mal havia aprovado a reforma trabalhista e Michel Temer apressou-se em convocar os jornalistas para uma declaração. Celebrou a novidade como uma conquista pessoal: “Nós aprovamos uma das reformas mais ambiciosas dos últimos 30 anos. […] É com muita satisfação que eu digo: tive a coragem de propor essa mudança fundamental para o país e, portanto, para todos os brasileiros. Nela eu me empenhei desde o início do meu mandato.”

Longe de representar um atestado de saúde do governo, a declaração de Temer revela a debilidade de sua gestão. Contestada por centrais sindicais, a mexida na CLT avançou não como uma demonstração de força do presidente, mas apesar da crise moral que ameaça o seu mandato. Até governistas que já pregam a substituição de Temer por Rodrigo Maia, presidente da Câmara, como os tucanos Tasso Jereissati e Cássio Cunha Lima, votaram a favor da proposta.

Relator da reforma trabalhista, o também tucano Ricardo Ferraço, já declarou: “A aprovação acontece a despeito do governo do presidente Temer, não por causa dele. Estou convencido disso.”

De resto, consolidou-se no Congresso a percepção de que a atualização da CLT é a última proposta relevante que Temer terá a oportunidade de comentar sentado na cadeira de presidente. A próxima reforma da fila seria a da Previdência. E não há, hoje, um mísero líder partidário que se anime a apostar um níquel na aprovação dessa matéria enquanto Temer estiver sentando na cadeira de presidente.

Por duas razões: além da denúncia por corrupção passiva, da qual tenta se livrar no momento, Temer arrostará outras duas: obstrução de justiça e formação de organização criminosa. Às voltas com as articulações para enterrar escândalos, Temer não teria tempo nem energia para governar. A segunda razão é que o presidente já não dispõe no momento da maioria necessária para aprovar uma emenda constitucional na Câmara: 308 votos, em dois turnos de votação.

Reforma da CLT esgota fôlego da gestão Temer
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *