REFLEXÃO; “Porque quando estou fraco então sou forte.” (2 Co 12:9-10)


Paulo foi um apóstolo tremendamente usado por Deus, que pregou ousadamente a palavra do Senhor durante muito tempo. Mas apesar de ser um homem forte, ousado, destemido, que alcançou muitas vitórias, ele tinha uma debilidade, que era um espinho na carne. Na bíblia não encontramos claramente qual seria o espinho na carne de Paulo, mas certamente se tratava de uma grande dificuldade, que estava nele para enfraquecê-lo. Mas Deus permitiu que esse ataque do mal viesse contra a vida de Paulo, para que ele não viesse a se vangloriar como um grande pregador (“E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim.” 2 Coríntios 12:7-8).Certamente o espinho que Paulo tinha o incomodava muito e lhe causava grande aflição, e por diversas vezes ele pediu a Deus para que o retirasse, mas Deus não o fez, pois queria através daquela dor, trazer a revelação da Sua maravilhosa Graça na vida de Paulo. Nada poderia impedir Seu servo de continuar no ministério apostólico, pois o poder de Deus era suficiente para ele continuar vivendo e pregando, mesmo com um espinho na carne.

 

Muitos de nós talvez, como Paulo, tenhamos um espinho na carne. Uma marca em nosso ser que é tão profunda que às vezes sangra de tanto doer. Talvez seja o espinho de uma experiência dolorosa, de uma enfermidade física, uma dor na alma, rejeição, abuso, perdas. São tantas coisas que podem vir contra o nosso ser para nos causar danos profundos. Mas através da experiência de Paulo podemos extrair uma lição poderosa. Deus permite que venhamos a experimentar dores a fim de que Seu poder se manifeste através de nós, do nosso sofrimento. Se não tivéssemos uma dor, uma fraqueza, então não teríamos um poder se aperfeiçoando em nós, se revelando maior do que todas outras coisas.

 

Deus quer revelar a Sua Graça através das nossas debilidades. Como diz a Palavra, “Deus escolheu o que para o mundo é loucura para envergonhar os sábios, e escolheu o que para o mundo é fraqueza para envergonhar o que é forte. Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é para reduzir a nada o que é, a fim de que ninguém se vanglorie diante dele.” (1 Co 1:27-29). Deus permite que venhamos a estar frágeis, para que Ele possa se mostrar forte em nossas vidas, Ele permite que venhamos a nos sentir pequeninos, para que Ele possa se mostrar grande em nossas vidas(“Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós.” 2 Co 4:7). O Senhor quer revelar o tamanho da Sua Graça para nós, seus filhos, e mostrar que somente ela é suficiente para nos manter vivos, felizes e satisfeitos. A graça é o dom gratuito de Deus, que nos salva e nos torna Seus filhos, que nos perdoa e nos reconcilia com Ele. A graça é uma dádiva dada por Deus ao homem, um favor imerecido que nos alcança ainda que estejamos longe do caminho que Ele tem para nós, e que nos presenteia ainda que não venhamos a merecer, nos abençoando e nos envolvendo com bondade e favor.

 

A graça de Deus é maior do que qualquer adversidade e é por meio dela que podemos ter nossos pecados perdoados e experimentar uma nova vida com o Pai, de esperança e paz. Deus não tirou o espinho da carne de Paulo porque queria ensinar a ele que a Sua Graça era suficiente, e que ele não precisaria de cura porque a graça divina era maior do que qualquer dor.

 

Talvez venhamos a sentir pena de nós mesmos pelas nossas fragilidades, pelas dificuldades que temos que enfrentar, talvez tenhamos o desejo de desistir de tudo e uma imensa vontade de murmurar constantemente, pelas circunstancias que não podemos mudar. Mas Paulo não, ele sentia prazer no sofrimento! Ele louvava a Deus pelas lutas que enfrentava! A alegria tão grande que ele sentia de poder participar do sofrimento de Cristo, de levar a cruz diariamente e de saber que existia um poder invisível que estava operando na vida dele, superava qualquer dor que ele enfrentava(“Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.” 2 Co 12:10). Deus ensinou para Paulo que a incapacidade dele de ser perfeito abria caminho para Deus mostrar a Sua pefeição através da vida de Seu filho. E o Senhor fez e continua fazendo isso na vida de Seus escolhidos. Ele permite que tenhamos uma área ou outra da nossa vida em que sejamos frágeis para que o poder dEle em nós se manifeste e sempre que vier o desejo de nos vangloriarmos de alguma coisa venhamos a nos lembrar das nossas fragilidades e reconheçamos que é por causa dEle que somos e podemos fazer grandes coisas (“Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente.” Rm 11:36).

A resposta de Deus hoje, para mim e para você, diante da luta, da dor que estejamos enfrentando é a mesma que ele deu a Paulo: “A minha graça é suficiente para você, porque o meu poder é aperfeiçoado quando você está fraco.”

 

Não importa qual seja o tamanho da nossa dor, da nossa experiência dolorosa, podemos nos alegrar, pois existe um poder se aperfeiçoando na nossa fraqueza, um poder que é capaz de transformar toda perda em ganho, toda tristeza em alegria, toda desonra, em dupla honra.

 

Que venhamos a ousadamente responder as nossas fraquezas com as mesmas palavras de Paulo:
“De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.
Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.” (2 Coríntios 12:9-10)

“DEUS FORTE” (PV)

Sou tão pequeno

 

Tão frágil e pobre

 

O que de bom pode sair de mim?

 

O que de bom pode haver em mim?

 

Se sou tão limitado, tão temido e fraco…

 

Sou nada

 

Mas Ele é tudo

 

E que eu desapareça ainda mais

 

Para que o Teu Ser em mim se mostre capaz

 

De realizar grandes coisas

 

Porque se sou fraco

 

Tua força é forte em mim

 

Se sou incapaz

 

Teu poder pode fazer mais

 

Deus,

 

Que na minha vida

 

Somente um apareça

 

Que somente uma marca permaneça

 

Que apenas um nome seja lembrado

 

O Teu ao invés do meu

 

Porque onde não sou

 

Tu és em mim, Jesus…

 

 

 

Que Deus abençoe a sua vida!

 

No Amado, PV.download-1

Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *