PENDÊNCIAS RN -Robério: “Não podemos eleger envolvido em escândalo”; Henrique Alves pede resposta


4u45u2

O candidato do PMDB a governador, Henrique Eduardo Alves, entrou com pedido de direito de resposta junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE) contra a propaganda veiculada no programa eleitoral do candidato do PSOL, Robério Paulino, que o vincula às denúncias de beneficiamento em propinas em contratos da Petrobras, segundo delação premiada de Paulo Roberto Costa, ex-diretor daquela empresa, à Polícia Federal. A defesa de Henrique alegou primeiramente que não se pode falar de “escândalo” no caso e vinculá-lo a isso, o que afetaria sua honra. Ao mesmo tempo protesta contra a parte do programa que diz “abra o olho, não se deixe enganar”, alegando que isso é dizer que ele está tentando enganar a população.

Robério, cuja assessoria jurídica já protocolou nesta terça sua defesa contra o pedido, considera ridículos os argumentos do pedido de direito de resposta, e disparou: “Não podemos eleger para o governo do Estado um político envolvido em um escândalo de corrupção desse tamanho, nacionalmente divulgado. Não somos nós que inventamos esta denúncia, é a própria grande imprensa que o divulgou. O que fizemos foi apenas ler e comentar em nosso programa as manchetes de jornais como Folha de S. Paulo e do próprio O Jornal de Hoje, que destacaram o fato, ao contrário de outros veículos, impressos e eletrônicos, que, omitindo os fatos da população e por cumplicidade, esconderam a denúncia, para blindar Henrique”, disse o candidato. “Não se trata de uma denúncia fabricada para a campanha eleitoral, é algo muito sério, pesado, que precisa ser investigado, esclarecido, e que a população precisa saber para acompanhar a investigação. Infelizmente, no Brasil, essas denúncias de crimes de colarinho branco vão sendo engavetadas, não são apuradas até o fim”, completou.

Quanto ao argumento de que o pedido à população de “não se deixa enganar” fere a honra de Henrique, Robério respondeu que “só pode ser piada. Agora vamos criminalizar o direito da população de pensar, de refletir, de não ser enganada pelos velhos políticos”. O candidato afirmou ainda que, “se há uma coisa em que Henrique é craque, é em enganar a população. Proponho que ele peça de vez à Justiça Eleitoral que proíba a população de votar em alguém que não seja ele, que só seu nome conste da urna. Os antigos coronéis, como ele, pensavam assim. Ele pensa como um oligarca e se acha o dono do mundo”.

“Urnas darão lição nos institutos. Tenho 13% dos votos só em Natal”

Robério comentou ainda as últimas pesquisas divulgadas. Segundo ele, “as urnas darão uma lição nestes institutos que, infelizmente, vendem pesquisas sob encomenda para grupos participantes desta eleição, como a própria imprensa já mostrou”. Pelas informações que chegam ao conhecimento do candidato, ele tem 13% das intenções de voto em Natal e está crescendo muito rápido em todo estado.

“Nosso apoio nas redes sociais e nos setores mais esclarecidos da população é generalizado e essas pesquisas escondem isso. Ao nos colocar com intenções de votos bem menores, o que eles fazem é tentar inviabilizar nosso crescimento, para a população não acreditar que existe opção à velha política. Mas ainda teremos quatro debates na televisão, temos ainda programas na TV e no rádio e as urnas vão desmascarar esses institutos. Nossa votação será uma surpresa, muito maior, é só aguardar. Se não mudarem, esses institutos sairão sem qualquer credibilidade junto à população”, afirmou.

Compartilhar:



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.