PENDÊNCIAS: PARECER DO MP PEDE QUE FLAUDIVAN ABRA “CAIXA PRETA” E CHAPA GOVERNISTA PODE SER CASSADA POR ABUSO DE PODER ECONÔMICO


Uma decisão judicial poderá trazer surpresas para a disputa eleitoral em Pendências. O Ministério Público da 47ª Zona Eleitoral deu parecer na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, onde o acusado por abuso de poder econômico é o prefeito e candidato à reeleição, Flaudivan Cabral (MDB), que agora está  obrigado a abrir a “caixa preta” e apresentar a folha de contratos temporários de pessoal.

A ação foi impetrada pela Coligação “Esperança na Mudança” (PT, PROS e PV) e cobra transparência na folha de pagamento da Prefeitura de Pendências. Durante a sua gestão, o prefeito Flaudivan manteve por alguns períodos o Portal da Transparência do município inativo e a ingerência administrativa que fere a Lei de Acesso à Informação pode trazer prejuízos ao futuro político do prefeito.

Ao emitir parecer na ação ajuizada pela oposição, o Ministério Público Eleitoral pediu que o prefeito Flaudivam apresentasse cópias de todos os contratos de pessoal firmados pelo município entre os meses de janeiro e setembro deste ano. O MP já observou a “existência de indícios de possível abuso de poder econômico por parte do investigado”.

Oposição bancada por Flaudivan?

Em toda cidade, boatos apontam nomes de pessoas ligadas a candidatos da oposição, que supostamente estão beneficiadas nessa folha extra de contratados paga com dinheiro público. Caso essa informação seja confirmada durante as investigações da justiça, ficará provado que há candidaturas de “faz de conta” com o único intuito de rachar os votos da oposição e favorecer a reeleição do prefeito Flaudivan.

Defesa diz que “Flaudivan está tranquilo”

 

Segundo a assessoria jurídica do candidato denunciado: “Como prefeito, Flaudivan está tranquilo, porque tem consciência de que seus atos administrativos de contratações estão absolutamente regulares, havendo sido obedecidas todas as regras e prazos estabelecidos em lei”. Caso sejam encontradas provas do suposto crime, o MP poderá pedir a cassação da chapa Flaudivan e Pretinha.

 


Prefeito Flaudivan é obrigado a detalhar ao MP as contratações de pessoal no ano de 2020



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.