Papa Francisco faz apelo pela paz no Oriente Médio


124804Um mês depois de receber no Vaticano os presidentes da Israel, Shimon Peres, e da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, numa tentativa de encontrar o caminho da paz, o Papa Francisco veio a público neste domingo para externar preocupação com a situação, cada vez mais explosiva, do Oriente Médio.

O confronto se intensificou nos últimos dias com lançamento de foguetes por parte de grupos radicais palestinos em direção ao território israelense e de incursões militar de Israel bombardeando alvos civis na Faixa de Gaza.

ReproduçãoAntes de celebrar a missa, papa se emocionou ao encontrar imagem de Nossa Senhora AparecidaAntes de celebrar a missa, papa se emocionou ao encontrar imagem de Nossa Senhora Aparecida


Neste sábado, milhares de palestinos do norte da Faixa de Gaza fugiram de casas para abrigos  improvisados das Nações Unidas, após o exército israelense alertar os moradores sobre uma possível invasão terrestre. De acordo com as agências internacionais, as estradas de aceso à cidade de Beit Lahiya se encheram de carros, carroças e motos transportando famílias para um lugar seguro.

De acordo com autoridades de saúde de Gaza, o número de palestinos mortos já chega perto de 180 e mais de mil ficaram feridas. Dos mortos,  70% são civis, segundo a ONU. Nas redes sociais, ativistas postam fotos de crianças que teriam sido mortas por mísseis lançados pela aviação israelense.

Aos milhares de fiéis reunidos hoje na Praça de São Pedro, o Papa Francisco comentou o Evangelho de S. Mateus que mostra Jesus em pregação na margem do lago da Galileia. “Quando fala ao povo, Jesus utiliza muitas parábolas – uma linguagem compreensível a todos -, com imagens tiradas da natureza e das situações da vida quotidiana. E a primeira parábola serve de introdução a todas as outras, a parábola do semeador que lança a sua semente para todo o tipo de terreno”, lembrou ele.

Depois do Angelus, e a propósito do persistente e dramático conflito no Médio Oriente, o Papa lançou o seguinte apelo: “Dirijo a todos vós um premente apelo para que continueis a rezar com insistência pela paz na Terra Santa, à luz dos trágicos acontecimentos dos últimos dias. Ainda tenho na memória a viva recordação do encontro de 8 de Junho, com o Patriarca Bartolomeu, o presidente Peres e o presidente Abbas, com os quais invocamos o dom da paz e escutamos a chamada para quebrar o ciclo do ódio e da violência.”

E o Papa acrescentou: “alguns poderiam pensar que esse encontro realizou-se em vão. Mas pelo contrário não, porque a oração nos ajuda a não nos deixarmos vencer pelo mal, nem a resignar-nos que a violência e o ódio levem a melhor contra o diálogo e a reconciliação. Exorto as partes interessadas e a todos aqueles que têm responsabilidades políticas em nível local e internacional, para não poupar a oração e algum esforço para pôr fim a todas as hostilidades e alcançar a paz desejada para o bem de todos.”



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.