A PALAVRA DO DIA-Prosperidade É Uma Escolha E Não Uma Chance


a Escolha E Não Uma Chance

Deuteronômio 30:19 “Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,”Que esta Palavra abençoe os nossos corações.

Loading...

Oremos ao Pai:

Senhor amado, vinte e quatro horas já nos deram saudades de estar na Tua Casa. Oh, como eu tenho saudades de estar na Casa do Senhor, quando passa mais de vinte e quatro horas. É bom, Deus! É aqui que eu ouço os Teus conselhos, a Tua voz, vejo o Teu mover sobrenatural. Por isso, Deus, eu tenho saudades dos Teus átrios. Eu amo a Tua Casa, a Tua Palavra. Eu A quero muito, Senhor, porque a Tua Palavra é o pão que alimenta o meu espírito. Então, Senhor, que esta Palavra traga uma grande mudança de vida, porque nós queremos aprender sobre: PROSPERIDADE É UMA ESCOLHA, NÃO É UMA CHANCE. Em Nome de Jesus. Amém, Senhor.

A nossa vida é sempre o resultado e a conseqüência das nossas escolhas. Todas as escolhas que fazemos na vida têm conseqüências. Tu és hoje, o que tu decidiste ser ontem. E tu serás, amanhã, o que tu decidires ser hoje. Portanto, no Livro de Deuteronômio nós temos um desafio de Deus. O Senhor disse para nós escolhermos entre a benção e a maldição. E Ele disse que Seu encorajamento é para que escolhamos a vida, a benção, o caminho de Deus, o abandonar o mundo, colocar Jesus em primeiro lugar, amar a Palavra, amar os átrios do Senhor, amar a Noiva de Cristo. Ele disse: Escolhe. E disse para escolhermos a benção.

Portanto, isto é muito importante: Ele disse para escolhermos. Não é Deus que escolherá por ti. Tu já foste escolhido para a salvação. Desde antes da fundação do mundo o Senhor te conheceu, te predestinou, te amou, te justificou e te glorificou. Para a salvação, tu já és um escolhido. Mas, para seres próspero a escolha é tua. Não é Deus, nem o Apóstolo, nem o teu pai, tua mãe, teus amigos que farão essa escolha. A tua escolha desta noite determinará o teu futuro.

Portanto, eu preciso confidenciar-te algumas coisas da parte de Deus. Porque, muita gente pensa que ser próspero é apenas uma chance que alguém teve na vida. Tu sabias definitivamente, que prosperidade é uma escolha e não uma chance.

Tu é que tens que decidir se viverás o resto de tua vida em pobreza ou em prosperidade. Ele disse: Escolhe! Está nas tuas mãos quanto ao viver como maldito ou vitorioso. Tu queres viver com vida e benção ou com vida quebrada? Somos nós que decidimos.

Eu quero mostrar-te, dando seqüência aos pensamentos de sabedoria, que existem coisas que são decididas; há pelo menos sete que eu anotei aqui, que geram pobreza. Então, quando Ele disse para nós escolhermos, decidirmos entre a benção e a maldição, há pessoas que escolhem a pobreza.

Número um: Tomar emprestado com juros altos.

Isto resulta em pobreza. Provérbios 22:7 “O rico domina sobre o pobre, e o que toma emprestado é servo do que empresta.” Empréstimos com juros altos são a primeira fonte de pobreza das pessoas.

Número dois: Não fiques fiador de ímpios.

Não corra riscos. Tu sabes, quem é que merece a tua confiança para avalizares e seres fiador. Mas, para muita gente ser fiador de alguém resultou em pobreza. Olha o que disseProvérbios 11:15 “Quem fica por fiador de outrem sofrerá males, mas o que foge de o ser estará seguro.”

Então, juros altos levam à pobreza. Ser fiador de ímpios leva à pobreza.

Terceiro lugar: Não dizimar, não só gera maldição. Gera maldição sobre finanças, negócios e a vida do dia a dia, o que diz respeito às coisas materiais. Esse é o terceiro aspecto. Malaquias 3:9 “Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, vós, a nação toda.”

Então, quando tu não dizimas, tu roubas de Deus, tu tiras de Deus a possibilidade de Deus multiplicar a tua vida. E isso é fonte de pobreza.

Quarto lugar: Zacarias disse duas coisas que são fonte de pobreza e que às vezes, os seres humanos fazem. Zacarias 5:3 “Então, me disse: Esta é a maldição que sai pela face de toda a terra, porque qualquer que furtar será expulso segundo a maldição, e qualquer que jurar falsamente será expulso também segundo a mesma.”

Então, a Bíblia está mostrando que o resultado de um furto ou de um juramento falso, normalmente é a maldição, é a pobreza. Amado, tu que trabalhas em uma empresa, quando é que se furta? “Pastor, mas eu nunca mexi no dinheiro de ninguém.” Não! Quando tu não trabalhas as oito horas pelas quais tu és pago, estás furtando.

Quando tu deixas de produzir e estás ganhando o mesmo salário, estás furtando. E a Bíblia diz que quem furta ou jura falsamente é uma pessoa que tem maldição na sua vida.

Outra coisa que gera pobreza é a preguiça. Olha o que diz Provérbios 13:4 “O preguiçoso deseja e nada tem, mas a alma dos diligentes se farta.” O preguiçoso deseja e nada tem. Não trabalha. Nada tem.

Então, se alguém decide não fazer nada está indo contra Deus porque a Bíblia diz que seis dias trabalharás e ao sétimo dia descansarás. Logo, se eu não trabalho, eu estou gerando pobreza porque Ele disse que o preguiçoso deseja e não tem nada. Fica com inveja, invejando quem tem, fica com dor de cotovelo. Mas, fica invejando quem tem.

Provérbios 18:9 “Quem é negligente na sua obra já é irmão do desperdiçador.”Então, se tu fores negligente no teu trabalho, como dona de casa, profissional, pastor, não importa, se fores negligente, a Bíblia diz que és um desperdiçador e o desperdício leva à pobreza.

Cabe ao Apóstolo da Igreja ensinar a Igreja a evitar os focos que geram pobreza. E eu tenho pensado sobre este assunto desde ontem. Porque, quando Jesus, com três peixinhos e cinco pães, alimentou cinco mil pessoas o que Ele mandou fazer no final do alimento? Mandou recolher. Disse: Recolhe os pedaços. Depois Ele perguntou quantos cestos sobraram. Disseram que sobraram doze cestos.

Ele disse que aqueles doze cestos não poderiam ser desperdiçados. E mandou voltar a comer. Tu sabes uma coisa? Muita gente é pobre ou gera pobreza na sua vida porque, o que ele poderia ter de ganho, nos pequenos pedaços, desperdiça a vida.

Quer ver como isso é verdade? Assim como Jesus não deixou desperdiçar os doze cestos e pedacinhos de pão porque Ele disse que ali estava dinheiro, recursos do Seu milagre, nós não devemos desperdiçar. Tu, já reparaste quanta comida tu jogas fora?Se o frango for de ontem, joga fora. Se o espaguete for do almoço, joga fora. Tu já viste no final de um ano quanta comida joga-se fora? Tu já viste quanto paga-se de luz a mais numa casa? Porque deixa-se uma, duas, três lâmpadas acesas. São os pequenos pedaços dos cestos que vão sendo jogados fora.Quanta água desperdiçada dentro de casa! Às vezes, a pessoa está escovando os dentes, abre a torneira e fica a torneira jogando água fora. Aquilo contado no contador do hidrômetro, no final de um ano é dinheiro que tu jogaste fora.

Tu que tens automóvel, já viste quantas arrancadas e freadas tu dás? E um pneu que dura um ano, em seis meses tu o trocas. Quanta saúde desperdiçada! Há pessoas que comem e bebem desmesuradamente. E gastam dinheiro com engov, sal de frutas, eparema, hepocler. Isso tudo, ao chegar no final do ano são pedaços que foram desperdiçados. Somando tudo, é muito dinheiro que vai para o lixo.

E é nos pequenos pedaços que, às vezes, gera-se a riqueza. Por isso, é que o Silvio Santos é rico, usa um relógio de camelô de doze reais e uma caneta Bic. Ele deve ter muitas canetas de ouro, mas ele não desperdiça. A nossa cultura desperdiça muita coisa.

Tu não sabes a luta que eu tenho aqui na Igreja. Aqui, nós temos um problema de alta tensão. Das cinco e meia da tarde às oito e meia da noite, portanto, até daqui a pouco, a luz aumenta de 0,085 para 0,85. É um pique de gasto. Então, eu peço que desliguem os computadores, as luzes. Grito com um, com outro porque eu sei que nas cestas de pão, nas sobras é que estão as riquezas.

Meus amados, o que disse Deuteronômio 30:19 “Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,” Escolhe! Escolhe! A vida que tu queres viver, tu escolheras, hoje, comigo!

Diz a Palavra do Senhor que sou eu quem escolho para que eu e os meus filhos vivam. Então, muitas pessoas, quando trata-se na igreja das questões de finanças, não gostam.Ontem, dois casais levantaram e foram embora. Por quê? Porque o diabo usa exatamente, essa área para gerar a fraqueza da família. E ele sabe como é que esses dias foram difíceis para mim. Porque eu estou certo, amados, de que nesses três dias o Senhor desbloqueará muito dinheiro que esteve preso aí!O Senhor transferirá riquezas do ímpio para o justo. Está abrindo portas de emprego, está abrindo promoções. Há contratos que tu guardas na gaveta por um, dois, três, dez anos e começarão a sair! Então, quem está escolhendo não é a tua vizinha. És tu, sou eu. Nós estamos escolhendo a benção.

Nós é que temos que escolher. É claro que a Bíblia diz que Deus tem prazer na nossa prosperidade, tem regozijo em ver-nos por cabeça. Então, Ele diz à Igreja: Olha, escolhe a benção, a vida que Deus, é isto que Deus está propondo à Igreja. Quando começamos a estudar a Bíblia, a provisão de Deus está aqui nas promessas. A riqueza de Deus está aqui na Palavra do Senhor. Nós não podemos nem desperdiçar os pedaços dos cestos de pão, as pequenas coisas.

Tu que és mãe, pensa nisso por favor. É sério. Pensa nisso. Eu recordo-me que na minha família, nós sempre viuvemos muito bem. A minha mãe usava a roupa de um filho para outro. Não precisava! Mas, ela não jogava o cesto de pão fora. Hoje, vemos um garoto de cinco anos pedindo para os pais comprarem grife da Nike. Quanto custa um sapato da Nike? Trezentos e oitenta. E o filho chora dizendo que, se a mãe não der um sapato importado da Nike de trezentos e oitenta reais, de quatro, seis oito molas, “vai fazer” e “vai acontecer” E às vezes, a mãe dá trezentos e oitenta para acalmar o filho. E o garoto vai para a escola, olham o sapato, roubam e lá foram-se trezentos e oitenta reais. E se somar com mais quinhentos, cem, cinqüenta, trinta, duzentos, no final do ano a mãe olha e diz: Puxa, poderia ter trocado o meu carro e não troquei.

Deus tem prazer na nossa prosperidade. Diz em 2 Pedro 1:2 e 3 “graça e paz vos sejam multiplicadas, no pleno conhecimento de Deus e de Jesus, nosso Senhor. Visto como, pelo seu divino poder, nos têm sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude,” Quando Deus diz que a Graça nos seja multiplicada, a vida cristã tem que começar bem, mas tem que tornar-se muito maior.

A Bíblia diz que nós somos herdeiros das riquezas de Deus e Ele quer que aumentemos o padrão da nossa vida. Nós somos chamados a crescer muito. Deus não quer que vivas com um salário baixo. Deus não quer que o Seu povo viva apenas para sobreviver. Ele quer que tu aumentes o teu padrão de vida.Deus quer tirar-te de apertos financeiros. Quer desbloquear essa ação que tens na justiça, essa causa que ganhaste, mas o dinheiro não vem, esse INSS que te prende há dezoito anos. Ele tem poder para fazer isso.

Agora, Ele tem que ser a nossa fonte. A minha fonte não é o governo. A tua fonte não é o teu patrão. A nossa fonte chama-se Jesus! Jesus é a nossa fonte. E nós temos que usar o método de Deus para dessa fonte usufruir e viver o padrão que Deus quer que vivamos nesta Terra.

Paulo escreveu em Filipenses 4:19 “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades.” Aqui não fala de um Deus pobre e miserável que fica contando moedinhas.Ele supre todas as suas necessidades segundo a Sua riqueza. Ele não é um Deus pobre, miserável, mão fechada, mão de peteca. Ele tem a capacidade de suprir. Deus pode e Deus quer suprir todas as nossas necessidades. Glórias a Deus, por isso. Mas Ele disse para escolhermos.

Eu me recordo de quase trinta anos atrás, quando, pela primeira vez eu ouvi, no hospital da Estrela em Lisboa, onde fazia a recuperação das minhas pernas, alguém chegou junto de mim. Era um sábado, era o grupo de jovens da Igreja que depois eu vim a pertencer. Estavam discutindo sobre a questão do dízimo.Eu estava num hospital, não sabia de nada, não tinha nem sequer acabado as cirurgias e perguntei o que era. E alguém disse-me que o que eles estavam conversando não era para mim. Porque eu estava na cama, não tinha dinheiro. Eu perguntei se tinha coisas na Bíblia que é para uns e não é para outros.

Eu insisti querendo saber o que era o dízimo. Então disseram-me que se eu for um dizimista, Deus me honrará e nada me faltará o resto da vida. E perguntei se eles queriam tirar essa benção da minha vida.

Então, existem vários tipos de sementes financeiras. Elas servem para libertar o povo da pobreza, da miséria, das dificuldades financeiras. O Apóstolo Jorge Tadeu que ficou apaixonado pela nossa igreja quando esteve aqui conta que quando ele começou a pregar em África, chegou à Angola, Moçambique, o povo só tinha amendoim torrado para comer, não tinha mais nada. E ele começou a ensinar o que eu ensino aqui. Mostrando que cada semente tem um propósito, um objetivo, gera uma espécie diferente. Há sementes que aumentam o padrão de compras, há outras que aumentam o padrão de vida.

E lá em África o povo acreditou e do nada começaram servir a Deus e na última vez que ele esteve lá, muita gente estava trazendo malas de dinheiro para a Igreja. Eu acredito em Deus. Eu creio que istoé uma verdade.

Então, como é que nós aprendemos aqui já tantas vezes? Marcos 4:26 “Disse ainda: O reino de Deus é assim como se um homem lançasse a semente à terra;” Isto está na tua Bíblia. Já viste? Tu estás acompanhando? Deus sempre mostra-se como uma agricultor.

E para facilitar o entendimento das pessoas Deus diz: Imagine tudo do Reino ser como se uma semente fosse lançada à terra. Marcos 4:27 a 29 “depois, dormisse e se levantasse, de noite e de dia, e a semente germinasse e crescesse, não sabendo ele como. A terra por si mesma frutifica: primeiro a erva, depois, a espiga, e, por fim, o grão cheio na espiga. E, quando o fruto já está maduro, logo se lhe mete a foice, porque é chegada a ceifa.”

Então, plantas, árvores, filhos nascem de que? De sementes. E dinheiro, nasce de que? De semente! Então, ele disse que se nós semearmos nós colheremos. Isto está na tua Bíblia. Se tu semeares finanças, tu colherás finanças.

Durante um tempo, não vês o resultado. Estás trazendo aqui no altar. Não viste nada. Depois, essa semente começa a criar raízes para baixo, porque toda árvore precisa de raízes, depois começa a crescer para cima, e finalmente, continua crescendo até que um dia tem fruto.Às vezes Deus acelera o crescimento e há um milagre.

Mas, para o crescimento normal de uma semente, ninguém semeia hoje e colhe amanhã, a não ser por um milagre. Porque, às vezes, Deus faz isto aqui no culto. O semeador jogou a semente. A semente foi para debaixo da terra. Começaram as raízes. Depois vieram os brotinhos. Começam a crescer. Vem a árvore. Começa a ganhar dimensão, estatura, folhas e frutos. Esta é a regra.

Portanto, cada semente requer um tipo de solo. Para semeares arroz, tem que ter o que no solo? Água! Se tu semeares arroz no teu jardim não dará nada. Tem que ter muita água.

Mas, para semear feijão tu tens que ter terra com adubo. Para nascer um filho, qual é o solo desse filho? O ventre da mãe. E qual é o solo para as finanças? A Casa do Senhor.

Portanto, nós acreditamos no nosso Ministério que dinheiro vem por semear. Dinheiro não vem por pedir, chorar, fazer promessas. Deus estabeleceu uma estratégia e disse que eu tenho que semear. Para que não só eu tenha garantido o meu futuro, mas acima de tudo para desbloquear o que Satanás prendeu. Amados, eu estou com isso na mente e no coração.

Há muita riqueza que chegará às mãos do povo deste Ministério. Muita riqueza! Haverá uma surpresa geral. Então, o que diz a Palavra do Senhor em Lucas 6:38 “dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.”

Quando tu dás, recebes em quatro medidas: Boa medida, recalcada, sacudida e transbordante. Tu deste uma medida, Deus devolve-te quatro. 2 Coríntios 9:6 “E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia com fartura com abundância também ceifará.”

Somos nós que decidimos o tamanho da colheita. Tu queres um salário maior? Tu estás em busca de aumentar o teu padrão de compra? Aumenta o tamanho das tuas sementes.

Deuteronômio 28:2 “Se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, virão sobre ti e te alcançarão todas estas bênçãos:” Portanto, há muita gente que procura, por exemplo, trabalhar em horas extras para ganhar um pouquinho mais. Outros trabalham Domingo, outros não têm mais tempo para a família porque trabalham os sete dias da semana. Mas, esse não é o método de Deus, é o método do mundo.

Há pessoas que arranjam dois empregos, abrem mais uma porta aí, tem mais um biscate. Não é esse o caminho de Deus. Deus quer que tu faças como Ele ensina. Semeia a tua semente porque tu amas a Jesus e ao seu evangelho, para que através da tua semente, muita gente seja curada, liberta e salva. Dá as primícias dos frutos. Não semeies sobras. Tu não dás sobras aos teus filhos todos os dias, ou dás?

Se chegaste aqui com problemas financeiros, quem sabe Deus trouxe alguém aqui hoje e está aqui entre nós, uma pessoa que já pensou em dar cabo da vida várias vezes, esta semana. Tem uma senhora aqui que já pensou em desaparecer. Pegar um ônibus na Rodoviária Novo Rio e sumir pelo Norte, Nordeste, desaparecer.Jesus tem um milagre para ti. O Senhor Jesus está ensinando um segredo: Se puseres em prática, sairás do buraco, do fundo do poço. O Senhor fará o milagre acontecer, a crise terminará.

Tu recordas que no livro de Malaquias, no primeiro capítulo, o povo judeu estava em grande crise, porque eles não entendiam essas verdades. Apesar do pai Abraão ter sido o primeiro semeador, quatrocentos anos antes de Moisés, e ele tipificava Jesus, mas o povo não acreditou nisso.

Em Malaquias 1:6 “O filho honra o pai, e o servo, ao seu senhor. Se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo? – diz o SENHOR dos Exércitos a vós outros, ó sacerdotes que desprezais o meu nome. Vós dizeis: Em que desprezamos nós o teu nome?”Deus começou a reclamar do povo judeu.

Então, o Senhor, agora, mostrará onde é que o sacerdócio judaico desprezava a Glória de Deus. Malaquias 1:7 “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível.” Eles não queriam saber da obra de Deus, da Igreja. Qualquer coisa, segundo eles, servia para a mesa de Deus. Malaquias 1:8 “Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” O que é um animal cego, coxo, imundo. Deus não recebe migalhas nem esmolas, amados.

Nós temos uma herança da Igreja Romana que é a das esmolas. Tu vês, às vezes, numa praça com trinta e cinco, quarenta, cinqüenta mil pessoas, eles carregam cinqüenta sacos de moedas. Porque as pessoas habituaram-se a levar o cego, o coxo, o imundo para Deus. E depois, quando querem, querem o melhor.

Deus está dizendo: Tu farias isso com o teu governador? Não! Malaquias 1:9 “Agora, pois, suplicai o favor de Deus, que nos conceda a sua graça; mas, com tais ofertas nas vossas mãos, aceitará ele a vossa pessoa? – diz o SENHOR dos Exércitos.” Está perguntando se o governador aceitará o animal imundo, cego, o resto, o bagaço. Deus diz que não.

Malaquias 1:10 a 13 “Tomara houvesse entre vós quem feche as portas, para que não acendêsseis, debalde, o fogo do meu altar. Eu não tenho prazer em vós, diz o SENHOR dos Exércitos, nem aceitarei da vossa mão a oferta. Mas, desde o nascente do sol até ao poente, é grande entre as nações o meu nome; e em todo lugar lhe é queimado incenso e trazidas ofertas puras, porque o meu nome é grande entre as nações, diz o SENHOR dos Exércitos. Mas vós o profanais, quando dizeis: A mesa do SENHOR é imunda, e o que nela se oferece, isto é, a sua comida, é desprezível. E dizeis ainda: Que canseira! E me desprezais, diz o SENHOR dos Exércitos; vós ofereceis o dilacerado, e o coxo, e o enfermo; assim fazeis a oferta. Aceitaria eu isso da vossa mão? – diz o SENHOR.” Não!

Então, amados, o povo judeu não honrava a Deus, naquele tempo. Dava o resto, as esmolas e ainda dizia que era uma canseira esse negócio de Igreja. Mas, eu aprendi e quero passar isso a quem é de boa vontade: Eu aprendi que, quando eu faço as coisas de modo bíblico, Deus responde-me de modo bíblico.

Marcos 10:29 e 30 “Tornou Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos por amor de mim e por amor do evangelho, que não receba, já no presente, o cêntuplo de casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições; e, no mundo por vir, a vida eterna.”

Jesus está dizendo que se tu fazes alguma coisa em amor a Ele, Ele dá recompensa já! Cem vezes mais. Isto aprende-se. Ninguém nasce cristão de um dia para o outro. Assim como aprende-se a amar, aprende-se a dizimar, a semear, a ser cristão.

Então, a recompensa já está garantida. Mas, só vem depois de eu agir. Portanto, sê leal para com Deus. Tu és um embaixador do Reino, pertences a uma Igreja triunfante, aos que vivem em vitória, aos matadores de gigantes, aos que tudo podem, aos mais que vencedores.

Então, não faças a obra de Deus relaxadamente. Porque Deus disse que não pode aceitar que alguém traga um animal coxo, dilacerado, imundo e o ponha no Seu altar. Aquela atitude, às vezes, da pessoa pegar aquela nota de um real dobrar, dobrar e jogar na sacola parecendo ter ódio de Deus. E Deus diz: “Tu pensas que Eu recompensarei isto?”

Deus está dizendo que o modo certo é fazermos como Deus ensina. É a sementeira. Agora, nesses cinco minutos finais, antes de orarmos pela Igreja, deixa eu dizer uma vez mais o que eu sinto da parte do Senhor Jesus, em relação a essa questão: Este ano, mais do que todos os anos do nosso Ministério, eu fiz essas abordagens financeiras na Igreja.

Nós fizemos em março, depois voltamos a fazer no meio do ano, há dois meses atrás e outra vez agora. E Deus disse-me que eu não terminasse, em hipótese alguma o ano, sem voltar a falar neste assunto de liberdade financeira. Porque, eu às vezes estranho como é que temos um culto com cinco mil pessoas e a administração traz-me uma relatório dizendo que entraram sete mil reais no culto. A média de um real por pessoa.

Muita gente diz que estamos em crise. E então botam a crise como culpada. E dizem que é por causa da presidência da república, dos ministros. Amado, não ponhas a tua fonte nos homens. A tua fonte chama-se Jesus!

Eu descobri, e graças a Deus descobri, por revelação, porque eu venho orando há muito tempo com minha esposa sobre isto: O inimigo tem trancado portas. Eu tenho gente aqui na Igreja que diz que tem negócios para fazer, entrou com uma concorrência e está esperando dez portas e não se abrem. Porque o diabo sabe que no dia em que sair para ti e tu fores generoso e trazeres aqui para o altar, nós não teremos só dez programas de televisão, nós teremos cem programas de televisão. Então, Ele tem bloqueado, trancado, lutado, segurado.

Daniel orou, Deus respondeu, mas o demônio, o príncipe da Pérsia ficou resistindo, resistindo vinte e um dias até que veio o Anjo Miguel e disse: Sai, passarinho daqui! E veio a resposta. Então, o diabo tem criado, sutilmente, barreiras, trancas. E nestes dias, o Senhor disse-me em oração: “Miguel Ângelo, te recordas qual foi a profecia que vos dei na passagem do ano, em oração?” Eu disse que me recordava. A profecia era Isaias 22:22 “Porei sobre o seu ombro a chave da casa de Davi; ele abrirá, e ninguém fechará, fechará, e ninguém abrirá.” Então, Deus disse-me que abrirá o que o diabo fechou. E como é que Deus dá essa chave? Com a tua semente, teu dízimo, tua fé, tua atitude, tua perseverança.

Então, eu creio que há transferências de riquezas em montes sobre a Igreja. Nós veremos aqui gente entrando na Igreja com pacotões de dinheiro, com cheques grandes, dizendo que inexplicavelmente, saiu o negócio, abriu-se porta, comprou, vendeu, é o campeão de vendas, é o melhor do bairro. Deus abrirá e nunca mais ninguém fechará. Isto está na tua Bíblia. E depois Ele fechará os ralos que o diabo leva com luz, água, pneu, emergência, filho doente, cirurgia, pessoas que pedem dinheiro e não pagam, negócio, cheques sem fundo. Ele fechará e nunca mais o diabo abrirá essas portas de perda. Eu quero ver a Igreja dizendo amém!

Tu acreditas ou não acreditas? Porque o que adianta eu estar aqui gritando se tu não estás acreditando? Tu tens que acreditar nisso. E o Senhor lembrou-me o que disse em Isaias 45:2 e 3 “Eu irei adiante de ti, endireitarei os caminhos tortuosos, quebrarei as portas de bronze e despedaçarei as trancas de ferro; dar-te-ei os tesouros escondidos e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome.”

Dois mil e seis não é para ser temido não, amado! Se tens um advogado te ameaçando, ele cairá na tua rede. Se estás sendo ameaçado no teu emprego, alguém cairá na tua rede e tu sairás incólume. Não tenhas medo. És tu quem manda. Tu és autoridade. Se fores fiel, todo poder de Deus estará na tua vida.

Quem é que põe portas de bronze e trancas de ferro? O diabo! Temos que dizer isto para todos os nossos pastores pelo Brasil e pelo mundo! O diabo colocou trancas que agora sairão. “Ah pastor, eu estou esperando uma promoção há vinte e oito anos me disseram que eu serei promovida.” Foi o diabo quem colocou uma tranca, uma porta de bronze.

Então, o Senhor diz que há riquezas encobertas que Satanás trancou. Só que o que ele trancou, hoje está despedaçada esta porta. Tu tens que dizer que crês nesta Palavra, recebes esta Palavra, estás aberto para receber e vir sobre ti essa verdade.

Mas, se disseres que és velho, já estás duvidando de Deus.Não duvides de Deus. Tudo o que aconteceu de negativo na tua vida será revertido. Há coisas boas e grandes para acontecer na tua vida. Diz que tu crês!Eclesiastes 3:2 “há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou;” Diz que tu arrancas o que plantaste. Diz que tu escolhes a vida.

Eu queria terminar em cinco minutos dizendo que havia uma cidade para ser conquistada chamada Jericó. E o inimigo pôs umas barreiras. Isto é importante! Josué 6:1 “Ora, Jericó estava rigorosamente fechada por causa dos filhos de Israel; ninguém saía, nem entrava.” É isto que Satanás faz. Rigorosamente! Há pessoas que dizem que estão esperando pela casa própria e já entraram com um processo na Caixa Econômica e o negócio lá roda para trás, roda para frente e está rigorosamente, trancada. Pode estar rigorosamente, trancada, mas Deus fará cair esse muro.Josué 6:2 “Então, disse o SENHOR a Josué: Olha, entreguei na tua mão Jericó, o seu rei e os seus valentes.” Amado, quem manda nesta Terra é o povo de Deus. Não é o partido político, não são os homens. É o povo Deus. Eu insisto com isso.

Deus entregou-nos a posse grandes riquezas, negócios, portas, oportunidades. E não adianta trancar nada porque a chave já foi-nos dada, amado! Josué 6:20 “Gritou, pois, o povo, e os sacerdotes tocaram as trombetas. Tendo ouvido o povo o sonido da trombeta e levantado grande grito, ruíram as muralhas, e o povo subiu à cidade, cada qual em frente de si, e a tomaram.” A trombeta é a nossa confissão, a nossa boca.

Olha, é como dois e dois são quatro. Hoje, eu creio que se abrir portas gigantescas, amados. A oração que fizeram com o pastor Júnior, o ano inteiro, hoje, veremos a Glória de Deus sobre a Igreja. Todo o dinheiro bloqueado, todas as riquezas aprisionadas, todas as portas de emprego fechadas, todas as pensões atrasadas, todos os negócios entrevados, tudo o que está rigorosamente fechado, acabe agora caindo a muralha!

Se está na Bíblia eu creio. Nós ficamos muito quietos este ano todo e agora, terá que ser feita uma arruaça aqui esta noite porque o inimigo diz que ganhou de nós. E se nós não manifestarmos, ficarmos quietos e ficarmos chorando, ele pensará que venceu. Mas aqui não tem mais ninguém para chorar esta noite. Aqui tem gente que ouviu a verdade, que praticará a verdade e a verdade libertará! Para toda a riqueza aprisionada, caiu a muralha! Para todas as portas de emprego fechadas, caiu a muralha! Para todas as pensões atrasadas, caiu a muralha! Para todos os negócios entrevados, caiu a muralha! Tudo que está fechado, caiu a muralha!

As muralhas ruirão! Quem manda somos nós. Não tenhas medo! Dois mil e seis não é para ser temido, é para ser vencido. O diabo quer que tu tenhas medo, que percas o sono, quer atazanar a tua vida. Mas, tu sabes que és, meu irmão! Tu és um amado, escolhido, predestinado, pedra que vive, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, és por cabeça, não és por cauda, estás por cima e não de baixo. Tens para emprestar e não tomarás emprestado. E se o inimigo vem por um caminho fugirá por sete!

Não adianta! Podem gritar o que gritarem! Caíram as muralhas! Esta é a Casa do Senhor para tu glorificares a Deus! É para tu exaltares ante a Glória do Senhor que diz que vem, resplandece a Glória do Senhor e vem sobre ti!

 

Se nossa Mensagem tem abenç

A PALAVRA DO DIA-Prosperidade É Uma Escolha E Não Uma Chance
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *