A PALAVRA DO DIA-A LEI DO PLANTAR E DO COLHER


A lei do plantar e colher encontra-se em Gl 6.7-8: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna”, mas também pode ser encontrada em Gn 1.11 e 8.22. Essa lei opera positiva e negativamente. Observe como:

Loading...

1. Se plantarmos coisas boas, colheremos coisas boas;

2. Se plantarmos coisas ruins, colheremos coisas ruins;

3. Nós estamos plantando em todo o tempo;

4. Tudo o que fazemos é semente: palavras, pensamentos, dinheiro, atitudes. Tudo é semente;

5. Iremos colher de acordo com o que plantamos;

6. Tudo começa com uma semente.

COMO PODEMOS SEMEAR? Podemos semear para o mal: “[…] o que semeia da carne, da carne colherá a corrupção…”, e com isso plantarmos para o pecado com atitudes de derrota e sementes de medo; semeando palavras negativas na mente de seus filhos ou cônjuges. Nossos filhos são uma tela em branco. Você é que faz a pintura. Seu esposo ou esposa é uma tela já pintada, mas você é responsável por APAGAR algumas coisas que lá estão e escrever outras em cima.

Muitas pessoas sonham em ter um lar feliz, mas em todo tempo estão semeando amargura, grosserias, ofensas, etc. Estão semeando fracasso em seu casamento. A Bíblia é clara: “[…] os que lavram a iniquidade e semeiam o mal, isso mesmo colhem […]” (Jó 4.8); “[…] semeiam ventos, colhem tormentas […]” (Os 8.7): “[…] o que semeia a perversidade colhe males […]” (Pv 22.8).

Também podemos semear no Espírito: “[…] o que semeia no Espírito, do Espírito colherá a vida eterna […]”. Devemos semear em nosso lar, e fazemos isso quando plantamos atitudes de compreensão, amor, perdão e bondade. Deus é quem se responsabiliza em dar a colheita. Pode parecer difícil para você plantar algo em seu marido/ esposa, mas OLHE PARA A RECOMPENSA: você certamente colherá.

Também devemos semear para o nosso ministério por meio de atitudes de consagração, jejum, oração, tempo com a Palavra e obediência irrestrita a Deus; todas são SEMENTES que podemos plantar em nossos ministérios. Não se recebe unção, dons espirituais e revelação da Palavra sem isso. Envolver-se com a obra e com o povo de Deus é também uma semente que o fará colher aceitação para o seu ministério.

Há aqueles que querem crescer no ministério, mas não se envolvem com a obra de Deus. Essas pessoas se esquecem que o que abre um ministério é a aceitação (Mt 10.40-44). Pessoas que ignoram esse princípio colhem o isolamento e, depois, culpam os outros.

E certamente, também devemos semear para a vida financeira. Deus quer que sejamos prósperos, mas isso não acontece automaticamente. A salvação, por exemplo, tem o preço de reconhecermos a Cristo como nosso único e suficiente salvador. Ninguém nasce automaticamente salvo, da mesma forma, ninguém nasceu automaticamente próspero. É preciso seguir as leis da prosperidade. Muitos de nós, quando têm um pouquinho de dinheiro na mão, usam tudo. Aprenda essa lição: NÃO COMA SUAS SEMENTES (veja 1Rs 17.8-16).

Deus estabeleceu uma lei: “[…] segundo a sua espécie […]” (Gn 1.11). Se eu precisar de dinheiro ou do suprimento das minhas necessidades, devo plantar dinheiro. Você precisa semear antes de colher e não depois.

Existem dois tipos de sementes. Muitos plantam a boa e a má semente ao mesmo tempo, e a semente má destrói a boa. “[…] não semearás no teu campo duas espécies de sementes […]”(Lv 19.19). Falam palavras de amor e de ódio, dizem que amam e traem, dão o dizimos, ofertam, mas arrancam a semente com murmuração e falando de miséria. A má semente destruirá a colheita, por isso, suas atitudes devem estar em harmonia com o que você fala.

QUAL É O TEMPO DA COLHEITA? “A seu tempo ceifaremos senão desfaleceremos […]”. Você não colhe antes de plantar. Se você está colhendo hoje é porque alguém antes já plantou para você. O fazendeiro que quer uma colheita, primeiro planta a semente na terra. A colheita vem depois. Pode demorar algum tempo, mas certamente virá se não arrancarmos a semente. Muitas pessoas querem colher imediatamente, mas há um tempo para todas as coisas (Ec 3.1,2). Será engraçado ver que alguém plantou uma semente de abacate num dia e, no outro dia, já quisesse comer os abacates que plantou. E se não vir os abacates, essa pessoa se irritasse e arrancasse a semente da terra, o que diríamos a ela? Muitas vezes agimos assim. Queremos colher no dia seguinte, senão ficamos irritados e destruímos a semente. Devemos perseverar em plantar a boa semente, pois, NO TEMPO CERTO, COLHEREMOS.

Cada um recebe na proporção que planta: “[…] e afirmo: aquele que semeia pouco, pouco também ceifará, e o que semeia com fartura, com abundância também ceifará […]”. Quanto mais você planta, mais você colhe. Se um fazendeiro plantar uma semente, ele terá uma árvore, mas se ele plantar milhares de sementes, ele terá uma colheita abundante. Por fim, siga esses conselhos:

  • Plante em bom solo! (Mc 4.1-20)
  • Entre o semear e o colher haverá muitas coisas que poderão destruir a colheita. Fique atento.
  • Persevere plantando coisas boas mesmo nos momentos mais difíceis. Não desista.
  • Creia nestes versículos: “Quem sai andando e chorando enquanto semeia, voltará com júbilo trazendo os seus feixes […]” (Sl 126.6); “Ora, aquele que dá semente ao que semeia e pão para o alimento também multiplicará a vossa sementeira, e aumentará os frutos da vossa justiça”.

DESAFIO DE FÉ: Aprenda o princípio de semear e colher e coloque-o em ação em sua vida ainda hoje.

:: PR. MARCUS GREGÓRIO

A PALAVRA DO DIA-A LEI DO PLANTAR E DO COLHER
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *