A PALAVRA DO DIA-GUARDA O TEU CORAÇÃO!


TEXTO: Pv. 4:20-23
20 Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos. 21 Não os deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-os no mais íntimo do teu coração. 22 Porque são vida para quem os acha e saúde, para o seu corpo.23 Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida.

INTRODUÇÃO: Na pós-modernidade, estamos vivendo uma experiência de total insegurança, e diante da constatação deste fato, é comum que procuremos guardar em segurança tudo aquilo que nos é precioso.
Guardar é o mesmo que preservar, proteger e defender. Quando trancamos os portões, portas e janelas de nossas casas estamos na verdade procurando preservar entre outras coisas, o nosso direito a privacidade e segurança. Assim também o fazemos com o nosso carro (ninguém anda por aí à noite em lugares perigosos com os vidros do carro abertos e as portas destrancadas), com o nosso dinheiro depositando-o no banco (mesmo que seja pouco), com as nossas senhas (as mais diversas possíveis) com os nossos segredos, etc.
O que Deus quer nos ensinar nestes versos é exatamente este principio, o principio da preservação, da segurança, mas de algo muito mais importante do que tudo o mais em nossas vidas. Trata-se do coração, do centro de toda nossa vida e das nossas emoções, do lugar que segundo o texto, é o ponto de partida para todas as coisas, de onde procedem as fontes da vida.

PROPOSIÇÃO: Agora eu te convido a tornarmos este conselho de Deus um pouco mais prático pra nós, ou seja, quanto ao coração,

1º – DO QUE DEVEMOS GUARDÁ-LO?

A– DA COBIÇA QUE É GERADA PELO ENGANO. (Jr.17:9,10 e Tg.1:14,15 “9 Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? 10 Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações. 14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. 15 Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte”.)
A cobiça é mãe de todos os pecados. Cobiça é o sentimento que gera o desejo desenfreado de obtermos algo que não nos pertence. O texto nos diz que ela é concebida no coração e que depois de gerada dá a luz ao pecado. É como num processo de gestação qualquer. Uma vez concebido vai culminar com o nascimento, que nesse caso, é a realidade do pecado. Veja o que Jesus nos diz em Mt.15:18,19: “18 Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. 19 Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias”. Ele quer que saibamos que um coração contaminado pela cobiça gera todos estes tipos de pecados e muito mais. Daí a necessidade de guardarmos os nossos corações. Guardarmos do seu próprio engano e corrupção que são resultados do pecado original que habita em cada um de nós.

B– DA SUA DUREZA NATURAL– (Hb.3:7,8 e Ez.11:19,20 “7 Assim, pois, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, 8 não endureçais o vosso coração como foi na provocação, no dia da tentação no deserto. 19 Dar-lhes-ei um só coração, espírito novo porei dentro deles; tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei coração de carne; 20 para que andem nos meus estatutos, e guardem os meus juízos, e os executem”)
Nestes textos aprendemos que o nosso coração é duro por natureza, mas que cabe a nós permitirmos que Deus através de sua palavra e amor o amoleça para que possamos entender e obedecer a sua vontade.

C- DA SOBERBA – (2º Rs.14:7-12 “7 Ele feriu dez mil edomitas no vale do Sal e tomou a Sela na guerra… 8 Então, Amazias enviou mensageiros a Jeoás, filho de Jeoacaz, filho de Jeú, rei de Israel, dizendo: Vem, meçamos armas. 9 Porém Jeoás, rei de Israel, respondeu a Amazias, rei de Judá… 10 Na verdade, feriste os edomitas, e o teu coração se ensoberbeceu; gloria-te disso e fica em casa; por que provocarias o mal para caíres tu, e Judá, contigo? 11 Mas Amazias não quis atendê-lo. Subiu, então, Jeoás, rei de Israel, e Amazias, rei de Judá, e mediram armas em Bete-Semes, que está em Judá. 12 Judá foi derrotado diante de Israel, e fugiu cada um para sua casa”.
Essa história nos mostra como a soberba pode derrubar um homem. Pv.16:18 diz que a soberba precede a ruína e Tg.4:6 diz que Deus resiste aos soberbos. O rei Amazias (de Judá) sofreu tudo isso na pele, a saber: ruína e resistência de Deus, justamente por causa da sua soberba. Por ter vencido os Edomitas ele se encheu e passou a se achar. Então provocou seu aliado o rei Jeoás (de Israel) apenas para medir forças com ele. Jeoás o aconselhou a baixar a bola, mas ele não aceitou o conselho e quebrou a cara. Um coração cheio de soberba só dá nisso! Precisamos guardar nosso coração da Soberba!

2º – DE QUE FORMA PODEMOS GUARDÁ-LO?

A- DANDO OUVIDOS À VOZ E ATENTANDO PARA OS ENSINAMENTOS DO SENHOR(Pv.4:20,21) Quanto aos ensinamentos do Senhor, um coração bem guardado com estes ensinamentos é fruto de olhos voltados constantemente para a leitura da palavra, de ouvidos bem atentos a voz de Deus (Estudos Bíblicos e Mensagens) e de tudo aquilo que é retido, armazenado dentro dele.

B- VIGIANDO E PROTEGENDO-O DOS ATAQUES EXTERNOS – A proteção do nosso coração está diretamente associada com as coisas que priorizamos em nosso dia-a-dia. Se permitirmos que o nosso coração seja o tempo todo bombardeado por coisas ruins através da TV, Internet, e outras fontes de coisas profanas, sua proteção estará totalmente comprometida. Isso seria o mesmo que contratarmos um vigia que dorme a noite inteira. A palavra chave é VIGIAR.

C- PREENCHENDO-O COM COISAS BOAS (Lc.6:45 “O homem bom do bom tesouro do coração tira o bem, e o mau do mau tesouro tira o mal; porque a boca fala do que está cheio o coração”). Só Deus pode criar em nós um coração puro e cheio de coisas boas. (Sl.51:10 “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável”.) 

CONCLUSÃO: QUAIS OS BENEFÍCIOS DE SE TER UM CORAÇÃO GUARDADO EM DEUS E POR DEUS?

A– A CERTEZA DA VIDA ETERNA – Mt.5:18 “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus”.

B- A PROMESSA DAS BÊNÇÃOS DO SENHOR – Sl.24:4,5 “O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente. 5 Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação”.

 

C- A VITÓRIA SOBRE O PECADO – Sl.119.11 “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti”.

Que Deus te abençoe!
Pr. Antônio Ramos (Rio de Janeiro, Primavera de 2013)

A PALAVRA DO DIA-GUARDA O TEU CORAÇÃO!
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *