Carregando...

A PALAVRA DO DIA-Família: presente de Deus!


Duas coisas devem os filhos obter dos pais: raízes e asas!

Mais do que nunca vivemos um tempo em que precisamos salvar as famílias!

Família é presente de Deus! É o santuário da vida! É uma fonte inesgotável para o mundo porque gera virtudes humanas, cristãs, sociais.

É no aconchego de um lar, no colo dos pais, vendo e ouvindo, que aprendemos a crer, a amar, a perdoar e a conviver em atitudes de confiança, de reciprocidade, de cooperação. Só aquilo que foi absorvido lentamente pode ser transmitido.

“A família é um bem necessário para os povos, um fundamento indispensável para a sociedade e um grande tesouro para os esposos durante toda a sua vida. É um bem insubstituível para os filhos, que hão de ser o fruto do amor, da doação total e generosa dos pais”, nos diz Bento XVI.

O matrimônio é o comprometimento no tempo. É na promessa de um ao outro que o amor se concretiza diariamente em gestos de responsabilidade mútua e em palavras de amor recíproco.

Caminham na mesma direção porque entendem que a família é uma escola de vida carregada de significado. Ali se aprendem grandes lições que ultrapassam as paredes e cuja força de irradiação convida outros à comunhão da fé, do amor e da esperança. A experiência comunicada salva e inspira outros.

Família é o lugar do aconchego, do sorriso fácil, de gente que chora e ri junto, que conta piada quando o outro está triste, que acaricia quando não há o que dizer, que não tem medo de ser o que é, que conta os próprios erros, que ama incondicionalmente, que vive a vida junto de um jeito único e alegre!

Sem a menor sombra se dúvida, as famílias, em cuja casa Cristo está presente e é a rocha firme sobre a qual as tempestades não podem abalar, tornam-se o grande fermento da renovação da sociedade. A família é dom de Deus onde a vida deve ser protegida. E vida, é dom sagrado. Dom inegociável porque não nos pertence. Somente Deus tem direito sobre o início e o fim da vida humana.

Tristemente vemos pais que não sabem ser pais e filhos que não sabem ser filhos porque vivem sem rumo, sem direção. Perdem-se por caminhos enganadores e só encontram sofrimento e dor. Temos a sensação de que tudo gira em torno do descompromisso e do imediatismo. Educar é, sem dúvida alguma, uma tarefa árdua que envolve toda a vida. Ninguém deixa de ser pai ou mãe porque filho é para sempre e precisa, mais do que tudo no mundo, ser muito amado!

Não há nada mais lindo para um pai e uma mãe do que ouvir palavras que revelem o coração de um filho: “Seu filho é um homem bom, justo, honesto”.“É um bom pai, um amigo fiel e leal” . “É um homem de fé!”. Ao ouvir isto, o coração se acalma porque podem dizer: ”Nosso filho deu certo! Cumprimos a missão que Deus nos confiou porque entregamos ao mundo um ser humano que vale a pena”.

Indiscutivelmente, não existe família sem presença, sem diálogo, sem compromisso, sem confiança! Quem ama sempre encontrará tempo para aqueles que são importantes. Pais e filhos que se amam e se respeitam suportarão juntos todos os percalços do caminho.

Ir. Deuceli Kwiatkowski

Postado por REFLEXÕES SOBRE VIDA

A PALAVRA DO DIA-Família: presente de Deus!
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *