A PALAVRA DO DIA-FUJA DO MAL E DA SUA APARÊNCIA


O mal existe desde que o pecado entrou no mundo. Ele foi introduzido pelo Diabo e até hoje subsiste, sob muitas formas e, lamentavelmente os homens nem percebem a sua extensão e profundidade. A bíblia aconselha não só o envolvimento com o mal, mas a fuga da sua aparência, pois o homem não foi criado para o mal e sim, para o bem. Infelizmente a natureza humana é muito inclinada para o mal e, quando não se quer obedecer a Deus, o mal encontra oportunidade para atuar na vida de qualquer um ser humano desprovido da presença de Deus. Tenho dito reiteradas vezes que o homem sem Deus é capaz de praticar qualquer mal sem que ele perceba a sua gravidade. Há na Bíblia muitos exemplos de homens e mulheres que se autodestruíram por não fugirem do mal, ou seja, deliberadamente se deram ao pecado. Ora, Paulo com muita convicção afirma veementemente que o salário do pecado é a morte (Rm 6.23). Então, entendemos perfeitamente que o mal destrói grandemente a vida, prejudica ou rouba fatalmente a felicidade. A Bíblia aconselha a fugir da aparência do pecado: “Fugi de toda a aparência do mal” (I Ts 5.22). Interessante, a recomendaçao não é só para fugir do mal, mas de toda a aparência do mal. Tomando o mal como o próprio diabo, a recomendação bíblia é que devemos resisti-lo firme na fé e ele fugirá de vós (Tg 4.7). Li há algum tempo atrás uma fábula bem interessante sobre o lobo e o cordeiro e quero repassar para sua reflexão, diz: “Estava um cordeiro bebendo água na parte inferior de um rio; chegou um lobo, e cravando nele torvos olhos, disse‐lhe com voz cheia de ameaça: “Quem te deu o atrevimento de turvar a água que pretendo beber?

Loading...

‐ Senhor, respondeu humilde o cordeiro, repare que a agua desce para mim : assim não a posso turvar.

‐ Respondes, insolente! tornou o lobo arreganhando os dentes; já o ano passado falaste mal de mim.

‐ Como o faria, se não tenho seis meses então ainda não tinha nascido.

‐ Pois se não foste tu, foi o teu pai, teu irmão, algum dos teus e por ele pagarás. E atirando‐se ao cordeiro, o foi devorando”. A grande lição que podemos aprender do que acabamos de ler, é a fuga de tudo aquilo que destrói, arruína e mata. Infeliz foi Eva que não fugiu do mal e trouxe conseqüências tão desastrosas para a humanidade. Portanto, não queira estar perto do mal e fuja de toda a sua aparência.

Pr. Martim Alves

A PALAVRA DO DIA-FUJA DO MAL E DA SUA APARÊNCIA
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *