NATAL RN-“Se sobrar meu nome e o PT me chamar, eu vou”, diz Lucena sobre 2020


José Aldenir / Agora RN
Vereador Fernando Lucena (PT) planeja reeleição, mas não descarta a Prefeitura do Natal

O vereador Fernando Lucena afirmou que se o PT lhe convidar para ser candidato à Prefeitura do Natal em 2020, ele vai aceitar. A declaração do parlamentar petista se dá em um momento em que nomes ao Executivo Municipal começam a surgir. Apesar de garantir que, a princípio, sua intenção é disputar a reeleição na Câmara de Natal, ele não descartou a possibilidade de mudar de ideia no futuro próximo.

“Vamos, vamos [ter candidato do PT à Prefeitura do Natal em 2020]. Se sobrar só meu nome, e se o PT chegar em mim e falar ‘só tem você, é você’, eu vou. Não sou de tirar da reta, mas no momento penso em reeleição”, afirmou Fernando Lucena.

O nome do petista vem sendo ventilado tanto nos bastidores quanto no meio do povo. Nos últimos dias, uma faixa surgiu na passarela próxima a um shopping popular da capital, localizada na BR-101. No adereço, é possível ler a frase ” Natal tem jeito, Lucena prefeito”. O vereador contou que viu a faixa e se disse lisonjeado pela lembrança.

“Na verdade, não fui eu quem colocou a faixa, e nem mandei colocar. No último domingo, quando eu vinha da zona Norte, e atravessei a Ponte Velha, dei cara com essa faixa. Fiquei muito feliz que alguém esteja lembrando de mim. Acho possível que seja manifestação de algumas pessoas que acompanharam minha atuação na área da Saúde”, avaliou o parlamentar, que é presidente da Comissão de Saúde, Previdência e de Assistência Social na Câmara Municipal de Natal.

Atualmente, há poucos nomes relacionados a candidaturas à Prefeitura do Natal. Pelo Solidariedade, assim como fez em 2016, o deputado estadual Kelps Lima deve tentar se lançar candidato novamente; o atual ocupante da cadeira no Palácio Felipe Camarão, Álvaro Dias (MDB), também já mencionou sua vontade de tentar se reeleger.

Já para o PT, nomes como o da deputada federal Natália Bonavides e do secretário Extraordinário para Gestão de Projetos e Metas de Governo do Rio Grande do Norte, Fernando Mineiro. Lucena, porém, mantém a ideia de não rejeitar uma candidatura se for chamado.

“Sou candidato à reeleição, mas eu sou da seguinte teoria: nunca diga que não vai ser nada. De repente me caberá essa tarefa. A gente fica meio balançado, porque se eu fosse fazer isso, pelo menos não seria sozinho, alguém estaria lembrando de mim. Mas no momento, ainda sou candidato à reeleição”, encerrou.

Publicidade



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.