NATAL RN-Líder, técnico do ABC destaca clima no clube: “Ambiente muito positivo”


dsc00404

Uma equipe com 100% de aproveitamento, oito gols marcados e nenhum sofrido. Esse é o retrospecto de Josué Teixeira no comando do ABC. O técnico estreou no comando do clube no clássico diante do Alecrim, vencido pelo Alvinegro  por 2 a 0. Na sequência, dirigiu o Mais Querido nos confrontos com Potiguar de Mossoró, que terminou com vitória por 2 a 0, e ainda diante do Palmeira, que terminou em goleada por 4 a 0. Apesar dos resultados positivos e de a equipe manter a invencibilidade sem sofrer gols, o técnico ainda não está satisfeito com o desempenho alvinegro dentro de campo. O que ele destaca como importante é o ambiente vivido no clube.

Josué Teixeira - técnico do ABC treino Frasqueirão (Foto: Carlos Arthur da Cruz/GloboEsporte.com)Técnico do ABC ainda não está totalmente satisfeito desempenho da equipe (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)

– No trabalho de hoje nós corrigimos muita coisa na parte defensiva, alguma coisa de posicionamento. Não posso achar que em três jogos meu time está resolvido. É mentira. Não vai estar. Nós temos que trabalhar bastante ainda a parte tática da equipe, fazer muito mais variações ofensivas para ter superioridade sobre o adversário, trabalhar bastante a parte defensiva, as linhas de cobertura para não deixar espaço para o adversário penetrar. A gente está no processo de formação. O que está encaixado hoje, e eu até falei sobre isso com o grupo, é o ambiente. É um ambiente muito positivo, todo mundo se respeita, todo mundo entende quem está jogando, quem tem possibilidade de jogar. Tudo é conversado. Não tem ninguém pego de surpresa e ninguém cria aquela expectativa de que pode jogar no lugar do cara. Eles sabem que o titular é esse, que o reserva é esse e que no momento certo ele será utilizado – enfatizou.

Josué Teixeira coloca em segundo plano a manutenção da invencibilidade alvinegra, caso a equipe vença o título do segundo turno. Para ele, vencer o turno e conseguir classificação para Copa do Nordeste do ano são prioridades em relação a não perder.

– Temos nove jogos do primeiro turno com três empates. Esses três empates causaram a perda do título e nos deixaram a quatro pontos do campeão. O favorável para a gente é que o ABC está invicto na temporada. Ele não perdeu ainda e poucos clubes no Brasil não perderam, então isso é uma coisa para ser valorizada. Só que tem objetivos maiores. O ABC está há três anos sem Copa do Nordeste. Se você ficar invicto e conseguir a Copa do Nordeste, ótimo. Se esse grupo conseguir, é mérito próprio. O grupo está buscando a Copa do Nordeste, que é um objetivo; o grupo está buscando ganhar o segundo turno, que é outro grande objetivo; e está buscando também o título estadual. Se vai vir só com vitórias, ótimo. É o que todo mundo quer. Podem haver derrotas no meio do caminho, mas é preciso ter equilíbrio para entender que é possível também (ser campeão com derrotas), até porque tem outras equipes de qualidade. A gente pega o segundo colocado do campeonato que é o Santa Cruz-RN e está numa evolução grande. No primeiro turno eles fizeram dez pontos e agora, em três rodadas, eles têm sete. Isso demonstra a qualidade do grupo que eles estão montando para o segundo turno. Temos que ter equilíbrio para analisar os adversários e ver aquilo que a gente pode fazer. Invencibilidade é ótimo, mas o mais importante é conquistar um título – frisa o treinador.

Além do bom ambiente, o comandante alvinegro está animado com o entendimento dos jogadores de frente sobre a sua filosofia de jogo. Segundo ele, os jogadores de frente também são responsáveis pela equipe não sofrer gols e atacar sem uma conscientização tática e auxiliar na marcação é fácil. Ele exalta ainda o desempenho do artilheiro Kayke.

– O Kayke tem dez gols no ano fazendo só uma competição. Em 14 jogos ele já fez dez gols. Se fizer uma média, ele deve ser um dos artilheiros do Brasil. Em números não, porque tem jogador que tem muito mais jogos e tem 15 gols. Acho que a média dele é muito boa. Estou muito animado com a parte ofensiva do nosso time. Você atacar e fazer gols é fácil, agora fazer eles entenderem que a parte defensiva também passa por eles é o difícil e eles estão conseguindo entender. A gente não tomar gol é mérito também da linha ofensiva – analisa.

Josué Teixeira - técnico do ABC (Foto: Divulgação/ABC)Líder do Campeonato Potiguar, Josué Teixeira destaca bom ambiente vivido no ABC (Foto: Divulgação/ABC)

Para ler mais notícias do GloboEsporte.com Rio Grande do Norte, clique emgloboesporte.globo.com/rn. Siga também o GE RN no Twitter e por RSS.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.