Natal RN; ESPORTE – ABC decide liberar sete atletas para negociação


165539

A diretoria do ABC já tem a relação de atletas que pretende liberar. No grupo, está o atacante Kayke, que é artilheiro do clube na temporada e vice-artilheiro da série B. Completam a relação o garoto Igor Julião, Neto Coruja, Jussandro, Mael, Maurício e Bruno Luiz.

O diretor de futebol do clube, Marcelo Abdon, disse que todos os relacionados na lista estudam propostas  de outros clubes e que o ABC não estará disposto a prejudicar a negociação. Justamente por isso, eles serão poupados dos trabalhos com bola, no sentindo de minimizar os riscos de contusão.

Kayke, segundo a imprensa de São Paulo e a carioca, vem sendo disputado por Santos e Flamengo, mas até aqui nenhuma foi oficializada, garantiu Addon. Já Bruno Luiz estaria nos planos de Botafogo da Paraíba e ASA. O zagueiro Mael negocia, através de seus empresários, a transferência para o Campinense ou mesmo para o Botafogo da Paraíba. Já Igor Julião também espera sinalização do empresário para atuar em outra equipe, mas neste caso a diretoria do Fluminense pode intervir já que pretende manter o atleta no alvinegro potiguar.

“É salutar que as pessoas entendam que o ABC não está dispensando os atletas e nem colocou ninguém para treinar separado. Foram os próprios jogadores que pediram para trabalhar mais a parte física enquanto negociam a transferência”, afirmou Marcelo Abdon, informando ainda que o ABC está disposto a negociar a multa rescisória de todos para não atrapalhar a carreira dos atletas. TN

Postado por Altonoticias



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.