NATAL RN-Era 20 de setembro de 1990 quando o Banco do Estado do Rio Grande do Norte S/A (Bandern) fechou suas porta


Era 20 de setembro de 1990 quando o Banco do Estado do Rio Grande do Norte S/A (Bandern) fechou suas portas. Além do fim de uma história que nos leva a 1909, quando o Banco de Natal foi fundado, o fechamento da instituição estatal representou fortes impactos na esfera trabalhista e econômica.

Na época, funcionários das 56 agências bancárias do Bandern espalhadas pelo estado perderam seus empregos. No campo econômico foram “duas décadas perdidas”, segundo avalia o economista Cláudio Barbosa. Ele ressalta que junto com a extinção do banco, o estado perdeu a chance de se desenvolver com mais desenvoltura nos últimos 20 anos. “Hoje o progresso é sólido, mas poderia estar em outro patamar”.

Para Barbosa, com o Bandern o RN hoje poderia estar economicamente no nível de estados nordestinos como Ceará e até Pernambuco. Na avaliação do economista, na época faltou uma decisão política para sanar a situação financeira do banco e impedir o fechamento da instituição.

“O Bandern era referência local e regional. Ele era fonte de captação de recursos e poderia ter se desenvolvido, alavancado setores como economia, indústria, agricultura. Esta data é um triste registro para a economia do RN”, afirma Cláudio Barbosa.

“Foram momentos traumáticos, um atraso para o estado e prejuízo para os funcionários”, conta Marcos Tinôco, diretor do Sindicato dos Bancários. Então com 23 anos, ele já integrava o sindicato na época do fechamento, data que ele recorda com tristeza e indignação.

O diretor do Sindicato dos Bancários apesar de funcionários que ficaram em situação complicada após o fechamento. “Vi casos de família em que marido e mulher trabalhavam no banco, e com a extinção os dois perderam o emprego. Só sabe quem passou”, explica.

Sobre a situação que culminou no fechamento, Tinôco conta que o processo aconteceu sem uma explicação técnica convincente. “O que mais me estranha é que não houve oportunidade nem de privatizar. O banco foi liquidado, extinto”.

Badern

O Banco do Estado do Rio Grande do Norte teve sua origem no Banco de Natal, fundado em 1909. Quando foi fechado, o Badern tinha 56 agências em todo o estado e seu nome era colocado no mesmo patamar de bancos como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Apesar do processo de liquidação do banco ter começado antes, somente em 2008  a instituição foi completamente liquidada.

 

Imprimir Contato Comentário
1 Comentário
fernando mendonca10/05/2011 22h14
Fui funcionário do Bander em João Pessoa PB – Graças a Deus hoje estou bem.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.