NATAL RN-Baixo poder ofensivo do ABC preocupa Roberto Fernandes


iva e campanha do ABC como mandante. Sábado é obrigado vencer o Sampaio no Frasqueirão

agosto 13, 2019 às 10:29 – Por: 

Baixa produção ofensiva preocupa treinador Roberto Fernandes. Foto: Luciano Marcos

Baixa produção ofensiva preocupa treinador Roberto Fernandes. Foto: Luciano Marcos

Roberto Fernandes participou ontem do Tocando a Bola da 98FM e em entrevista ao repórter Dionisio Outeda falou sobre o jogo contra o Imperatriz e as deficiências que a equipe vem apresentando.

” Estamos digerindo, realmente fizemos tudo que poderíamos ter feito para voltar dessa viagem com os 6 pontos ou com pelo menos 4 e acabamos voltando com apenas 3 de uma vitória importante sobre o Ferroviário, mas diante do Imperatriz ficamos devendo em relação ao  nosso desempenho para que pudéssemos  ter feito a pontuação de resultado”

Leia também:
ABC perde no Frei Epifânio

Finalizações

” Precisamos melhorar algumas situações, temos dificuldades na finalização. Infelizmente o ABC tem o pior ataque do campeonato e não tem nenhuma equipe  jogando mais ofensiva que o ABC. O ABC joga com  pelo menos 5 jogadores ofensivos e a gente tem dificuldade em traduzir. Você jogando fora de casa  contra o Imperatriz nós tivemos no primeiro tempo três oportunidades que não se perde, com duas com Wallyson e uma com Lohan, faz um gol fora de casa você vai ter o contra-ataque ao seu favor”

Pior mandante

“Somos o pior mandante da competição, como visitante o ABC seria o oitavo colocado e na nossa campanha como mandante  nós somos o lanterna e nessa competição o mando de campo faz a diferença e por isso estamos na lanterna. Estamos trabalhando passando confiança e uma  hora precisamos virar essa situação”.

Melhorar  poder ofensivo

“Não tenho conta do trabalho do Sérgio ( Soares)  e nem do Ranielle (Ribeiro) eu tenho conta do meu trabalho. O empate diante do Globo ele foi merecido, nós não jogamos nada essa é a verdade,  mas a derrota para o Confiança?  Nós atropelamos mas não finalizamos. O empate com o Santa Cruz não existe,  tivemos 16 finalizações e não fizemos um gol. Lá contra o Imperatriz primeiro tempo terminou 0 a 0,  as três chances claras de marcar foram nossas,  então precisamos melhorar para que a gente consiga nesses dois jogos o objetivo de permanecer na Série C”

Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *