NATAL RN-Antenor Roberto vê com “naturalidade” aliança do PT com MDB no RN


Nesta segunda-feira 25, governadores participaram do Fórum Nacional dos Governadores no Palácio do Buriti, em Brasília. A reunião contou com presença, de forma remota, de governadores de 23 estados e do distrito federal. Quem representou o Rio Grande do Norte foi o vice-governador, Antenor Roberto. Logo em seguida ele concedeu uma entrevista à TV Ponta Negra e detalhou o que foi discutido. Na ocasião, Antenor também falou sobre a possibilidade de aliança do PT com MDB, e mostrou receio em relação as manifestações programadas para o próximo dia 7 de setembro. Indagado sobre a possibilidade de negociação com o MDB para indicação da chapa para vice com Fátima Bezerra, o atual vice governador disse que acha natural a conversa. “Na verdade vivemos um momento onde as regras estão em transição, nós do PC do B apoiamos essa questão da federação das coligações, as minorias só conseguem ter representação em regras que consideram que haja partidos hegemônicos, existindo partidos de minorias. Temos que ter o cuidado, nesse momento. Há conversas entre partidos. Lula procura uma grande aliança nacional, para enfrentar toda essa situação difícil que o Brasil está, onde a esquerda hoje, não tem condições de dar conta da tarefa difícil que é reconstruir o país. É natural que ele vá visitar vários partidos com os perfis como o do MDB e PDT, consideramos isso com muita naturalidade”, disse Antenor. “Discutimos crise que coloca em xeque toda a federação. A condução política do presidente tem gerado uma enorme tensão nas relações das instituições, no judiciário, congresso e poder executivo, é uma pressão em transferir para os estados uma reponsabilidade que é dele, como por exemplo, atribuir aos governadores o preço dos combustíveis. Nesse sentido, tudo que ele faz e diz reflete em danos para a economia do país. Nesse contexto os investimentos em vez de se expandir, ficam recuando e causando prejuízos para todos os estados”, continuou o vice-governador. O vice govenador também falou das ameaças constantes ao STF e segundo ele, ameaça à democracia no país. “Diante de toda essa crise política, ficou decido que vamos fazer uma ata deixando claro que os governadores querem um encontro com o presidente para discutir junto com ele, como será restabelecida essa relação institucional, e importante, para manter o federalismo, e também uma pauta para irmos o supremo para discutimos objetos como a questão da tributária de emergia elétrica. Tudo isso são impactos que geram uma crise muito forte para economia dos estados, por isso essa reunião de hoje chamamos de crise do federalismo”, afirmou. Na próxima quarta-feira 25, haverá em Natal o Fórum dos Governadores do Nordeste e Antenor falou sobre as principais pautas a serem discutidas. “Estamos preocupados com a questão da segurança pública. Está sendo programado uma manifestação para o próximo dia 7, que exige muitos cuidados, o governador do distrito federal vai enfrentar uma situação bastante complexa. A reunião discutiu isso também. A liberdade de expressão, não combina com pautas que se propõe acabar com a liberdade do estado democrático de direito. A mobilização de pessoas armadas não é exatamente uma manifestação política e sim, um motim. Nesse sentido os governadores estão muito preocupados com isso”, pontuou. NOTÍCIAS RELACIONADAS Jantar entre Lula e Garibaldi colocará nome de Walter como vice de Fátima MAIS

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/antenor-roberto-ve-com-naturalidade-alianca-do-pt-com-mdb-no-rn/ | Agora RN



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.