‘Não soube criar o filho’, diz PM a mãe de jovem preso na Paraíba;


 

“A senhora não soube criar seu filho”, disse um policial militar à mãe do jovem preso suspeito de assaltar um coletivo e tentar fugir levando celulares dos passageiros no bairro José Américo, em João Pessoa, na noite de quarta-feira (3). O comentário foi feito pelo policial na 4ª Delegacia Distrital, no Geisel, onde a ocorrência foi registrada ao ver a mãe desconsolada com a prisão do filho. “Ele faz isso porque a senhora dá cobertura a ele”, completou o PM.

As afirmações do policial  fazem parte de novos trechos do vídeo publicado pelo G1 na quarta-feira (3) que mostram a indignação do pai pedindo explicações ao filho preso. Na filmagem feita na 4ª Delegacia Distrital, pouco depois da prisão ser efetuada, o pai se revolta com a atitude do jovem e pergunta o motivo do filho ter se envolvido com amizades ruins. “E aí meu filho? O que é que você diz para mim agora? Diga. Tantas provas aqui. Olhe, diga meu filho, diga agora. Eu falei tanto para você se afastar de amizade ruim! Amizade é teu pai e tua mãe”, desabafou o pai.

Nas novas imagens, a mãe do suspeito de roubar celulares é interpelada por outro policial militar, que pergunta do conhecimento dela sobre os supostos crimes praticados pelo filho. “A senhora sabe quantas vítimas ele já fez hoje?”, questionou. Chorando, a mãe diz não saber e o policial arremata: “Está vendo? Entendeu? Em todos [os celulares] tiveram as vítimas identificadas”. Perturbada pela prisão do filho, a mulher se abraça ao jovem e ainda pergunta os motivos que levaram a cometer o assalto.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Polícia Militar, o Código de Ética da instituição da Paraíba, que poderia prever algum tipo de punição ao policial neste caso está em processo de análise e ainda não está em vigor. Segundo informações da Polícia Civil, o jovem preso na noite de quarta-feira foi encaminhado para carceragem da Central de Polícia, no bairro do Varadouro, na capital paraibana, onde permanecia detido até a manhã desta quinta-feira (4).

A assessoria da Polícia Militar da Paraíba envirou uma nota à imprensa explicando que trabalha com a filosofia de Polícia Comunitária, inclusive com a capacitação anual de cerca de mil policiais, nos Cursos de Promotor e Multiplicador de Polícia 9d2f71206ce2f10ba5cbffd9da17a1334ff29479Comunitária. Nestes cursos eles recebem conhecimentos que norteiam suas ações ao lidar com ocorrências que envolvam conflitos interpessoais, familiares e similares. “Caso a mãe do apreendido sinta-se ofendida com os comentários exarados pelo policial, poderá procurar a Ouvidoria da PMPB que funciona na Rua da Areia, Bairro da Varadouro, nesta capital”, indica a nota.

O caso
O jovem foi preso na noite de quarta-feira com a ajuda da população e levado pelos policias até a delegacia. Os passageiros do ônibus informaram para a polícia que o rapaz detido e outro suspeito, entraram armados no veículo no bairro José Américo e roubaram os celulares das pessoas. Segundo a Polícia Militar, o rapaz estava com vários telefones celulares, mas no momento da abordagem não foi encontrada nenhuma arma com ele. Pelo menos oito aparelhos foram recuperados pelos policiais.

tópicos:



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.