Missa em Santos homenageia vítimas de acidente aéreo que matou Campos



pronta2

Uma missa campal homenageou os sete mortos no acidente aéreo ocorrido no dia 13 de agosto em Santos, no litoral de São Paulo. A cerimônia foi realizada na noite desta quinta-feira (21), na esquina das ruas Vahia de Abreu e Alexandre Herculano, próximo ao local da queda da aeronave que trazia o ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB).

A missa durou aproximadamente uma hora e reuniu cerca de 500 pessoas. O ato religioso, realizado pela Diocese de Santos e pela prefeitura do município, foi presidido pelo Bispo dom Jacyr Francisco Braido e contou com a participação de padres da cidade. O prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) e políticos da região estiveram presentes à cerimônia.

Barbosa falou sobre a importância da homenagem. “É muito importante que tenhamos esse momento de celebração em memória das vítimas. É um conforto para as famílias que perderam seus entes queridos e uma homenagem do povo santista. Também aproveitamos para agradecer o fato de não termos nenhuma vítima fatal em solo. A vida dessas pessoas que aqui moram foram preservadas. Esse momento de oração também é fundamental para quem teve suas rotinas impactadas por esse acidente”, afirma.

Dom Jacyr celebra missa; prefeito Paulo Alexandre Barbosa ao lado (Foto: Rodrigo Martins/ G1)Dom Jacyr celebra missa; prefeito Paulo Alexandre
Barbosa ao lado (Foto: Rodrigo Martins/ G1)

Dom Jacyr Braido ressalta que a fé é importante para que, tanto os familiares quanto os moradores da região, possam seguir adiante. “Fizemos essa missa em sufrágio dos que morreram e em solidariedade aos que foram salvos, pois poderiam ter sido vítimas de um grande sofrimento. Mas não podemos esquecer que, afinal de contas, as circunstâncias atingiram a vida de várias pessoas”, comenta.

A emoção marcou boa parte da celebração. A manicure Maria Edite Gonçalves, de 51 anos, que mora em uma via próxima ao local do acidente, no bairro Boqueirão, ressaltou o sentimento de solidariedade a todos que foram atingidos por esse episódio. “Depois de uma tragédia como essa, nós precisamos ser solidários. O ser humano tem que ter fé e as pessoas precisam ajudar. Esse acidente foi uma coisa muito forte e que comoveu a todos. As pessoas que morreram tinham uma vida inteira pela frente e isso é doloroso para as famílias. Mas esperamos que os familiares das vítimas possam ter conforto para superar esse momento difícil”, conclui.

Homenagem do público para Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em Santos (Foto: Rodrigo Martins/ G1)Homenagem do público para vítimas de acidente aéreo em Santos (Foto: Rodrigo Martins/G1)

Prejuízos
Até agora, 50 boletins de ocorrência foram registrados na delegacia de Santos por danos materiais. Só o dono da academia que foi atingida pelos destroços calcula o prejuízo em R$ 1,5 milhão. “Dá para recuperar, dá para recuperar. Mas só que o valor disso é muito grande.”, afirma o dono do estabelecimento, Benedito Juarez Camara.

O caso
A queda do avião ocorreu por volta das 10h do dia 13 de agosto, em um bairro residencial de Santos. O candidato tinha uma agenda de campanha na cidade. A Aeronáutica informou em nota que o avião decolou do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá, também no litoral. “Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave”, informou.

Além de Campos, outras 6 pessoas estavam na aeronave: Alexandre Severo Silva, fotógrafo; Carlos Augusto Leal Filho (Percol), assessor; Geraldo Magela Barbosa da Cunha, piloto; Marcos Martins, piloto; Pedro Valadares Neto e Marcelo de Oliveira Lyra. A Polícia Federal (PF) enviou seis peritos para Santos a fim de trabalhar na apuração da causa do acidente. Aeronáutica e Polícia Civil também investigam o caso.

Investigação
Técnicos da Aeronáutica estiveram na quarta-feira (20) no local onde foram feitas as imagens que mostram a queda do avião, em Santos. As imagens foram obtidas com exclusividade pela TV Tribuna, afiliada da TV Globo. A gravação foi repassada aos peritos, que conversaram com quem estava no local no dia do acidente. As imagens do sistema de monitoramento foram feitas de um estande de vendas de um prédio em construção.

A Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pela investigação do acidente aéreo afirmou que já foram extraídas e analisadas por quatro técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) as duas horas de áudio da caixa-preta do jato que conduzia o ex-governador pernambucano para o litoral paulista. Entretanto, segundo a própria FAB, a gravação da caixa-preta do avião com prefixo PR-AFA não é do voo de Campos e sim de um outro voo realizado dias antes.

Em nota, a Força Aérea afirmou que, até o momento, não é possível determinar a data dos diálogos registrados na caixa-preta encontrada em Santos, em razão de o equipamento não arquivar esse tipo de informação.

VALE ESTA - cronologia Eduardo campos (Foto: Editoria de Arte/G1)

A Aeronáutica informou ainda ter constatado que o jato particular em que viajava o ex-governador de Pernambuco estava com o trem de pouso e os flaps recolhidos. O trem de pouso é composto por equipamentos e pneus para permitir a aterrisagem de aeronaves e os flaps são instrumentos na asa que reduzem a velocidade de aviões.

Reportagem publicada na última terça-feira (19) no jornal “Folha de S.Paulo” revelou que a Cessna, fabricante do jato Citation 560 XL, o mesmo modelo em que Campos viajava, alertou para o risco de a aeronave mergulhar abruptamente durante procedimento feito em subidas e arremetidas. O procedimento apontado pela fabricante é o recolhimento dos flaps.

Mapeamento 3D
Após o acidente ter ocorrido, a PF escaneou a área atingida pelo acidente aéreo. As imagens foram registradas com a utilização de um drone, veículo aéreo com câmera não tripulado.
O mapeamento 3D foi feito a partir das primeiras fotos e vídeos que foram colhidos pelos peritos, com o objetivo de realizar uma possível reconstituição do que aconteceu minutos antes da queda do jato particular. Com o material coletado, a expectativa é que a PF consiga entender e até percorrer com o equipamento o trajeto feito pela aeronave.

Sepultamento
O corpo de Eduardo Campos foi enterrado na noite do último domingo (17), no Cemitério de Santo Amaro, no Recife.

O sepultamento foi seguido por uma multidão, que acompanhou o cortejo de cerca de dois quilômetros do Palácio do Campo das Princesas até o cemitério, na área central doRecife.
De acordo com a Polícia Militar (PM), somando velório, cortejo e sepultamento, participaram das cerimônias fúnebres cerca de 160 mil pessoas.

Veja a repercussão completa sobre a morte de Campos no Brasil e no mundo.

Marina
Na quarta-feira (20), o PSB oficializou Marina Silva, que era vice na chapa com Eduardo Campos, para substituir o ex-governador de Pernambuco na campanha e também escolheu Beto Albuquerque como novo vice.

A ex-senadora se filiou ao PSB em outubro de 2013 depois que seu partido, a Rede Sustentabilidade, não conseguiu registro no Tribunal Superior Eleitoral para disputar as eleições deste ano.

Nesta quinta-feira (21), o coordenador-geral da campanha de Eduardo Campos , Carlos Siqueira, anunciou seu desligamento do posto alegando divergências com Marina. Ao sair de reunião do PSB, Siqueira – que é secretário-geral do partido –, mandou um recado para candidata: “ela que vá mandar na Rede dela”, disse o dirigente, referindo-se ao grupo político da presidenciável, a  Rede Sustentabilidade. Tentando evitar polêmicas com a cúpula do PSB, Marina disse que a divergência era motivada por um “mal entendido”.

Na última pesquisa feita pelo Datafolha para o jornal “Folha de S.Paulo” divulgada na edição da última segunda-feira (17) segunda mostra Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto para presidente, seguida de Marina Silva (PSB), com 21%, e Aécio Neves (PSDB), com 20%.

O levantamento foi o primeiro que incluiu um cenário com a ex-senadora Marina Silva no lugar do ex-governador Eduardo Campos como candidata à Presidência pelo PSB.

 

 

Missa em Santos homenageia vítimas de acidente aéreo que matou Campos
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *