Me mandou casar e ter filhos’, diz noiva de jovem que morreu de câncer


ffad499341363bf6f03aefb44c958d485605aeeb

25/07/2014 13h01 – Atualizado em 25/07/2014 20h51

‘Me mandou casar e ter filhos’, diz noiva de jovem que morreu de câncer

Casamento foi realizado dentro de hospital em Botucatu.
Noivo morreu três dias depois da cerimônia.

Do G1 Bauru e Marília

A história de amor de Michele Alves de Oliveira e João Marcos da Silva, contada pelo G1 na quinta-feira (24), emocionou milhares de pessoas. Os dois jovens de 21 anos se casaram em uma cerimônia simbólica realizada em um hospital de Botucatu (SP), onde João estava internado em virtude de um câncer. Três dias depois da celebração, ele não resistiu ao avanço da doença e morreu.

João estava hospitalizado havia três semanas quando ficou sabendo pelos médicos que teria só mais alguns dias de vida. Ele resolveu, então, realizar o sonho de se casar com Michele, com quem namorava havia cinco anos.

Ele disse que estava em paz com seu coração, e falou que eu tinha que prometer a ele que eu me casaria, teria filhos e seria feliz. Aí me agradeceu por tudo o que passei ao lado dele”
Michele Alves de Oliveira

Ela revela que ficou surpresa com o pedido do noivo, mas não cogitou desistir da ideia. “No começo fiquei com receio, porque não era o lugar apropriado onde eu gostaria de realizar este sonho, eu tinha planejado de outra maneira, na igreja. Mas na hora vi que era um sonho nosso que precisava ser realizado e que eu precisava disso para poder ficar em paz comigo mesma e concluir tudo o que fiz por ele e que passamos juntos. E também receber a bênção de Deus”, afirma.

A cerimônia, realizada em 30 de junho, atraiu dezenas de pessoas, entre amigos, familiares e funcionários do hospital, com direito a entrada da noiva, brinde e coquetel para os convidados. “Eu não esperava que seria tudo aquilo, imaginava que ia abrir a porta e ver ele em uma maca, com apenas 10 pessoas que as enfermeiras falaram que estavam autorizadas a entrar. Na hora fui surpreendida porque ele estava no altar de terno, gravata, me esperando com a maioria da nossa família ali. Pai, mãe, tio, amigos, pastor. Foi muito bonito, fiquei muito emocionada. E ele estava lindo”, recorda.

Michele e João se casaram no hospital em Botucatu (Foto: Arquivo Pessoal/Michele Alves)Michele e João se casaram no hospital em
Botucatu (Foto: Arquivo Pessoal/Michele Alves)

Conforto
Michele revela que teve que fazer uma promessa ao noivo após aceitar o pedido de casamento. “Ele disse que estava em paz com seu coração, e falou que eu tinha que prometer a ele que eu me casaria, teria filhos e seria feliz. Aí me agradeceu por tudo o que passei ao lado dele”, diz.

Nas redes sociais, onde a história foi compartilhada milhares de vezes, muitas pessoas elogiaram a atitude do casal, classificada como uma “história de amor verdadeiro”. “Ele deixou um bom testemunho de fé, de coragem. Em momento algum desanimou, pensou em desistir. Mesmo com suas dores, dificuldades, ele ficou sempre sorrindo, alegre, brincando. Ele transmitiu uma imagem de fé, de força e de coragem para todos nós.”

Apesar da tristeza em perder o noivo, Michele mostra serenidade para avaliar o que viveu. “Foi difícil vivenciar isso, mas vejo tudo que aconteceu ali dentro do hospital como uma forma de despedida dele e que todo o sofrimento que passamos naquela semana, eu, o pai, a mãe dele, depois dessa cerimônia é como se tivessem arrancado do peito toda a dor, angústia. Foi como um conforto”, conclui.

tópicos:

veja também



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.