MACAU RN-Meteorologia explica ventania e chuva de granizo no interior do RN


8 de janeiro de 2019 | 11:11

REPRODUÇÃO/CLIMATEMPO

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) divulgou, nesta terça-feira (8), nota em que explica a ocorrência de ventos fortes e até de chuva de granizo no interior do estado. Os fatos ocorridos entre a sexta-feira, 4, e essa segunda, 7, são considerados incomuns para a região equatorial, na qual o estado está inserido.

Choveu granizo na sexta-feira em Governador Dix-Sept Rosado, no Oeste potiguar. E nessa segunda, ventou forte em Macau, na região Central. Para a Emparn, o que aconteceu foi um caso excepcional e decorrente do fenômeno chamado de Vórtice Ciclônico de ar Superior. Esse sistema meteorológico pode causar chuvas fortes e distúrbios climáticos como ocorrência de granizo e ventanias.

“Quando tem-se a presença de um sistema meteorológico causador de instabilidade, juntamente com aspectos físicos favoráveis, com o caso do relevo, é possível a formação de nuvens do tipo Cumulus Nimbus, que tem forte formação vertical, atingindo mais de 12 km de altura, e que possa  conduzir as gotículas de água no seu interior, através do movimento vertical a atingir o nível de congelamento, provocando assim a formação das pedrinhas de gelo que dependendo do seu peso, venha a precipitar no formato de granizo”, explica a nota.

MACAU RN-Meteorologia explica ventania e chuva de granizo no interior do RN
Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *