MACAU RN-JESUS O CONSAGRADO


k9980580

   A introdução do evangelho de hoje, me deixou curiosa a respeito do evangelista Lucas. Então pesquisei sobre a vida dele. Era natural de Antioquia da Síria, de família pagã. Médico. Convertido provavelmente pelos cristãos leigos que fugiram de Jerusalém. Tornou-se discípulo de Paulo, acompanhando-o em suas viagens missionárias. Não abandonou Paulo na prisão dos anos 60 a 62 e de 66 a 67, quando o apóstolo foi decapitado em Roma. Dedicou sua vida inteira à evangelização e morreu em Tebas com 84 anos de idade. É o único escritor não-judeu da Bíblia. Lucas destinou seu Evangelho particularmente aos cristãos convertidos do paganismo. É o Evangelho do universalismo. Jesus veio para ser luz de todas as nações, da misericórdia, dos pobres que são os prediletos de Deus, da mulher valorizada, da oração, do Espírito Santo, da alegria, do louvor. Lucas redigiu seu Evangelho cerca de 75 depois de Cristo.

        E Lucas inicia o evangelho de hoje relatando a primeira experiência da vida pública de Jesus. Ele Estava em Nazaré sua cidade de criação, e como era de costume foi até a sinagoga, num sábado, e se coloca a disposição para fazer uma leitura. Jesus lê uma passagem do profeta Isaías, que explica quem ele era, e qual a sua missão. Sua missão libertadora, de salvação para os excluídos da sociedade: pobres, cativos, cegos e oprimidos. Anunciar a Boa-Notícia aos pobres, que traz alegria, felicidade. A Boa-Nova para o oprimido é má notícia para o opressor. Jesus deixa a todos admirados quando  afirma que “hoje se cumpre essa passagem das Escrituras que acabastes de ouvir”. Porque ele era o ungido, o consagrado, e em sua pessoa se realiza o projeto de Deus.

        Cabe a nós continuadores da missão de Jesus, nos dias de hoje, abrir nossos olhos, para não sermos guias cegos. Mudarmos nossa forma de vida, nos libertando da prisão do egoísmo e de qualquer forma de prisão que nos impeça de vivermos nossa vocação e de sermos “instrumentos libertadores dos oprimidos que nos cercam.” Entender o significado de “anunciar a Boa-Nova aos pobres”, “libertar os presos”, “e aos cegos a recuperação da vista”, “libertar os oprimidos” e “proclamar o ano da graça do Senhor”. Então tenhamos coragem para a missão de colaborar e seguir a Jesus, deixando o Espírito Santo se manifestar através de seus dons. Como Jesus, também somos consagrados e ungidos, no Batismo e na Crisma. Devemos viver bem com Deus, obedecer a seus mandamentos e fazer a sua vontade. Sejamos companheiros de nossos líderes comunitários, independente de escolaridade e classe social. E nos manter firmes quando formos criticados, não desistir, e como Cristo continuar. E na união e dedicação é possível revelar a presença do amor de Deus e comunicar a todos a vida que permanece para sempre.

        Um abraço com carinho a todos.

Prece:
Espírito missionário, conforma minha vida com a de Jesus, colocando-me a serviço da libertação dos mais pobres e sofredores.  

 

Mª Elian

[email protected]

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com

 



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.