MACAÍBA RN-Com o falecimento de Célio Maia, o RN perde um grande Potiguar


e Célio Maia, o RN perde um grande Potiguar

É com imensa tristeza que noticiamos o lamentável falecimento do juiz aposentado e meu querido amigo CÉLIO DE FIGUEIREDO MAIA, ocorrido na noite desta segunda-feira, dia 25 de novembro de 2019, em Natal.
Muito estimado pelos inúmeros amigos, Célio Maia era Bacharel em Direito pela UFRN. Foi Juiz de Direito da Comarca de Florânia, Juiz de Direito da 1ª vara criminal, Juiz Eleitoral de Natal, ex-diretor da Defesa Civil e dos estabelecimentos penais do RN, em 1981.
Nos anos de 1970, foi prefeito de Macaíba, de 20/03/1975 a 31/01/1977, com a renúncia de Valério Mesquita, em 20 de fevereiro de 1975.
Célio Maia deixou a sua esposa Djanira Maia, seus filhos Célio Maia Junior e Lane Kalipsa Maia.

O velório será a partir das 7h, no centro de velório Leão e Vila, na Av. Xavier da Silveira, 1743 – Morro Branco.
O sepultamento ocorrerá às 16h, no cemitério Vila Flor, BR-304, estrada para Macaíba.
Agradecemos imensamente o tempo que pudemos conviver com ele, que será sempre lembrado pelo profissionalismo, honestidade, lealdade, inteligência, competência e sensibilidade para lidar com as adversidades e conflitos humanos.
Deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos.

Tive o privilégio da sua amiga convivência quando fui seu colega de trabalho, ele exercendo com muito brilho e competência à Coordenadoria dos Estabelecimentos Penitenciários e eu modestamente exercendo à Chefia de Gabinete da Secretaria de Interior e Justiça na gestão do Dr. Manuel de Brito no governo de José Agripino.

Com Célio Maia tive lições de humanismo e bondade, ele, naquele tempo, jamais admitiu maus tratos ou humilhações aos internos dos estabelecimentos penais no RN.  Célio foi um prefeito de Macaíba pautado na probidade e voltado para os mais pobres, um magistrado justo e cumpridores dos seus deveres com muito zelo.

O RN, a Justiça Potiguar e Macaíba perde uma figura maravilhosa e extraordinária.

Facebook Comments



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.