INCÊNDIO MATA MENINA DE 4 ANOS


TELE_1508_FOGO9688

Uma criança de quatro anos morreu carbonizada na madrugada de sábado (19) para domingo (20)após um incêndio atingir a residência onde morava. A irmã da vítima, de apenas seis anos, salvou a tia e outras três primas, mas não conseguiu resgatar a irmã pequena das chamas. As informações são da TV Diário. O incêndio aconteceu em uma casa no distrito de Campos Belo, no município de Caridade, a cerca de 90 quilômetros da Capital.
Segundo populares, a vítima, do sexo feminino, além de outras quatro crianças e uma mulher adulta, dormiam na residência quando o fogo se alastrou. As chamas teriam começado justamente no quarto onde dormiam duas das crianças e se espalhado pela casa, tomando a sala e varanda do prédio. Uma das crianças, de apenas seis anos, percebeu primeiro a fumaça. Ela chegou a tentar retirar a irmã das chamas, mas não houve tempo. Coube à criança de seis anos, então, avisar à mulher adulta, de quem é sobrinha, e acordar as outras três crianças, de quem é prima, conseguindo assim salvá-las das chamas que tomavam a casa naquele momento. Parte do teto do quarto e áreas caíram e tudo virou cinzas. O local é dividido em quatro apartamentos para aluguel. A criança que morreu e a que salvou os demais moradores da residência são filhas da irmã da mulher adulta que estava no local. A mãe da vítima, segundo populares, deixava as filhas com a irmã para poder trabalhar. Populares informaram também que várias pessoas, dentre moradores e outras que retornavam de festas em locais próximos, se reuniram defronte à residência e tentaram, em vão, apagar as chamas e resgatar a criança de quatro anos. Até o fechamento desta edição, as causas do incêndio não haviam sido reveladas pelas autoridades. Efetivo Setecentos e vinte e três bombeiros militares estão empregados na operação especial dos feriados de Semana Santa e Tiradentes no Estado. Eles trabalham com o auxílio de 85 viaturas, dentre elas, viaturas de vistorias técnicas, operacionais de combate a incêndio, de socorro de urgência, de salvamento, motos e as embarcações de salvamento aquático. A maior preocupação, segundo a Corporação, está voltada para as áreas com mananciais de água doce e/ou salgada, onde há maior concentração de banhistas, prevenindo e atuando nas ocorrências de afogamento. Plantão Os serviços de prevenção e combate a incêndio, salvamento aquático, terrestre e em altura e primeiros socorros realizados por todas as unidades de Bombeiros da Capital, Região Metropolitana e Interior, seguem em regime de plantão 24 horas, podendo ser acionados no 193
Poderá também gostar de:
INCÊNDIO MATA MENINA DE 4 ANOS
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *