IML diz que primeiros resultados de DNA ficam prontos no sábado-IMAGENS FORTES


10561806_746930995365545_2641849698094037971_n-300x15612

Tatiana SantiagoDo G1 São Paulo

A direção do Instituto Médico-Legal (IML) de São Paulo informou nesta sexta-feira (15) que ficarão prontos no sábado (16) os primeiros resultados dos exames de DNA das vítimas da aeronave que caiu em Santos, matando o candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos.

Arte acidente Campos 14.8.2014 - 13h (Foto: Arte/G1)

Os perfis genéticos de familiares de seis das sete vítimas já estão prontos. Eles foram feitos a partir de material coletado dos parentes e serão comparados com o DNA que será detectado nos restos mortais das vítimas.

O último material genético a ser analisado, o da família do piloto Geraldo Cunha, de Minas Gerais, chegou nesta sexta-feira e já começou a ser analisado.

Após a identificação dos restos mortais, será emitido o atestado de óbito, e os corpos poderão ser liberados. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que esteve no IML na quinta-feira (14), afirmou que a expectativa é que os corpos sejam liberados no início da noite de sábado.

Enquanto isso não acontece, familiares das vítimas continuam comparecendo ao IML, na região central de São Paulo. A mãe do fotógrafo Alexandre Severo, uma das vítimas do acidente, elogiou o Severo. “Meu filho era maravilhoso. Era um homem íntegro. Gostava de fotografar, gostava da família, dos amigos”, disse Rita Regina da Silva.

Uma equipe de 34 peritos trabalha na identificação dos mortos, segundo a Secretaria de Segurança Pública. Quatro peritos da Polícia Federal também apoiam os trabalhos. A realização dos exames de DNA ficará sob a responsabilidade de 10 peritos criminais do Instituto de Criminalística, especialistas em genética forense.

A Aeronáutica já começou a analisar a caixa-preta do jato, assim que o equipamento chegou o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes (Cenipa), em Brasília. A caixa ficou muito danificada pelo impacto da queda e pelo fogo, mas os militares já encontraram a memória interna que registra as últimas duas horas de conversa na cabine do avião. Este tipo de caixa-preta não grava dados de voo. As peças vão ser remontadas e só aí será possível saber o quanto da gravação pode ser recuperado. O trabalho pode demorar alguns dias, segundo a aeronáutica.

Previsão de liberação
O líder do PSB na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque, esteve no Instituto Médico Legal (IML) e afirmou que a previsão mais “otimista” para a liberação dos restos mortais de Eduardo Campos e das demais vítimas do acidente aéreo ocorrido em Santos é sábado (16).

“Os corpos estão totalmente dilacerados, infelizmente”, disse. “O prazo mais otimista seria no sábado”, completou Albuquerque.

O líder do partido disse que todas as vítimas vão ser liberadas juntas. “Nós só vamos liberar os corpos dos sete juntos em homenagem e respeito à família de todos. Ninguém sairá antes”, afirmou.

Ele integrou uma comitiva de políticos do PSB que foi até o IML na manhã desta quinta e disse não saber se há pedaços dos sete corpos no IML.

Outros políticos do PSB presentes foram Paulo Câmara, candidato ao governo de Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho, candidato ao Senado e Julio Delgado, deputado estadual em Minas Gerais.

Outro político que esteve no local foi o candidato ao governo de São Paulo pelo PT, Alexandre Padilha.

Arcada dentária
O dentista de Campos, Fernando Cavalcanti, também compareceu ao IML de São Paulo na madrugada de quinta levando radiografias e um molde da arcada dentária de Eduardo Campos.

Outro presente foi Francisco Sacramento, da Polícia Científica de Pernambuco, que trabalhou no acidente envolvendo o voo da Air France, em 2009.

O acidente
A Aeronáutica informou em nota que o avião decolou do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá, também no litoral. Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

Moradores disseram ter visto uma bola de fogo no céu. Os destroços atingiram residências do bairro e seis vítimas do acidente que moravam na área onde caiu o avião foram para a Santa Casa de Santos, entre elas duas crianças, duas mulheres e uma idosa. Segundo o hospital, todos passam bem.

A bordo da aeronave (veja como foi a queda do avião), estavam sete pessoas, das quais cinco passageiros (entre eles Campos) e dois tripulantes. Veja a lista dos mortos:

– Eduardo Campos, candidado à Presidência
– Alexandre da Silva, fotógrafo
– Carlos Augusto Leal Filho (Percol), assessor
– Geraldo da Cunha, piloto
– Marcos Martins, piloto
– Pedro Valadares Neto
– Marcelo Lira

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito para investigar o motivo do acidente. A PF enviou seis peritos para Santos a fim de trabalhar na apuração do caso. Aeronáutica e Polícia Civil também vão investigar.

veja também



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.