GUAMARÉ RN-Uma campanha silenciosa que causa medo… Muito medo!


Uma campanha silenciosa que causa medo… Muito medo!

Pode-se dizer que esta é a campanha eleitoral mais silenciosa, mais restritiva e curta já vista na histórica politica de Guamaré. Apesar de ser uma eleição suplementar, a proibição da circulação indiscriminada dos barulhentos carros de som, é a principal responsável por este clima de calmaria.

Na falta destes e outros recursos que ajudavam a esquentar o clima das eleições, os candidatos Adriano e Mozaniel estão apostando nas atividades de corpo a corpo, mas há um silencio maior que estar preocupando os pretensos ao palácio Luiz Virgílio de Brito, o silêncio dos eleitores que estão dentro e fora do governo… Em quem estes de fato vão votar?

Faltam poucos menos de 24 dias para os 13.726 eleitores APTOS a escolher o novo prefeito para os próximos dois anos.  A disputa está entre o ex-secretário de saúde, Adriano Diógenes, que conta o apoio da liderança politica Hélio Miranda, e seu grupo politico, inclusive, com o apoio de seis vereadores.

O outro candidato é o ex-prefeito Mozaniel Rodrigues, filho do saudoso João Pedro Filho, que tem o apoio da Prefeita Interina, Diva Araújo, e mais três vereadores, além do ex-presidente da Câmara Municipal, Emilson de Borba (Lula).

Queira ou não, os candidatos tem que “botar mais sebo nas canelas”, se quiser convencer o leitor a acreditar que suas propostas são as melhores, e as mais coerentes para uma Guamaré melhor.

No meio do silêncio que causa medo se constata algumas caminhadas, reuniões e visitas. São exaustivas as agendas sem divulgação na busca de mais um voto. Há candidato que está trocando o dia pela noite, se estendendo a madrugada a fora para conseguir mais apoio.

A estratégia tem exigido um ritmo ainda maior e muito fôlego para cumprir os compromissos. Esta é sem duvida uma campanha estranha, silenciosa e sem muita visibilidade nas ruas, e nos bastidores, uma campanha eleitoral que faz medo, e está exigindo maior esforço dos candidatos.

GUAMARÉ RN-Uma campanha silenciosa que causa medo… Muito medo!
Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *