GUAMARÉ RN -‘Tentei salvá-las’, diz dono de barco que virou no RN e matou mãe e filha


paulistas_mortas

20/10/2014 20h09 – Atualizado em 20/10/2014 20h09

‘Tentei salvá-las’, diz dono de barco que virou no RN e matou mãe e filha

Acidente aconteceu no dia 12 de outubro em Maracajaú.
Dono do barco prestou depoimento à polícia nesta segunda-feira (20).

Do G1 RN

Mãe e filha morreram afogadas após jangada virar no litoral do RN (Foto: Arquivo pessoal/Josie Paiva)Mãe e filha morreram afogadas após jangada virar no litoral do RN (Foto: Arquivo pessoal/Josie Paiva)

O dono da embarcação que virou no dia 12 de outubro na praia de Maracajaú, no litoral Norte do estado, e matou mãe e filha, disse em depoimento à polícia que tentou “de todas as formas” salvar as duas. Josie Paiva de Oliveira Favari, de 31 anos, e a filha Melissa de Oliveira Favari, de apenas 2 anos, morreram afogadas.

“Eu não ouvi o alerta da Marinha. Nós saímos por volta das 12h para o passeio e as condições do mar eram boas naquele momento. No momento em que retornávamos o tempo mudou, o vento ficou mais forte e as ondas mais intensas. Quando estávamos a cerca de 300 metros do Farol uma onda atingiu e virou o barco. Nós fizemos de tudo para tentar salvá-las, mas elas ficaram presas embaixo do barco”, disse Jair Clemente, dono da embrcação. Ele passou a tarde prestando depoimento na delegacia de Extremoz, município da Grande Natal.

A Polícia Civil vai pedir à empresa responsável pela venda do passeio a lista de passageiros que estavam na jangalancha no momento do acidente. A partir daí, agentes da delegacia vão até São Paulo ouvir essas testemunhas.

O acidente
De acordo com a ocorrência registrada na Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal, a embarcação voltava de um passeio aos parrachos de Maracajaú quando foi atingida por uma onda e virou. Mãe e filha foram resgatadas por outras embarcações. Josie morreu ao entrar na ambulância do Samu. Já a filha faleceu ao chegar no hospital de Extremoz. O caso também será investigado pela Polícia Civil.

Os parrachos de Maracajaú, no município de Maxaranguape, são um dos pontos turísticos mais visitados do estado.

Jangada virou depois de ser atingida por uma onda (Foto: Matheus Magalhães/Inter TV Cabugi)Jangada virou depois de ser atingida por uma onda (Foto: Matheus Magalhães/Inter TV Cabugi)

 

 

tópicos:



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




2 comentários em “GUAMARÉ RN -‘Tentei salvá-las’, diz dono de barco que virou no RN e matou mãe e filha

  • 6 de novembro de 2014 a 02:03
    Permalink

    Q absurdo…
    Nao escutou o alerta da marinha?
    Vc mesmo disse q tirou outras pessoas, na qual deveria ter torado em primeiro lugar uma crianca indefesa… Ja q se diz treinado e capacitado pela marinha!
    Quanto ao turismo q vendeu o passeio, ate hoje nem se quer um telefonema ao meu irmao!
    Muito bonito so aparecer q estao sendo apurado ps fatos!
    Nao interessa os coletes, muito menos qte de pessoas, uma x q aconteca uma tragedia, kd pessoas treinadas para salvar e nao pilotar apenas!

    Aline (tia Melissa e cunhada da Josie)

    Responder
  • 23 de dezembro de 2014 a 16:39
    Permalink

    ESTIVE NUMA EMBARCAÇÃO DESSAS EM SETEMBRO DE 2014, LOGO VI A PRECARIEDADE DO SERVIÇO E D TRIPULAÇÃO CUJO MAIOR INTERESSE ERA VER AS PESSOAS DENTRO DA ATIVIDADE, PAGANDO CARO POR SERVIÇO ALGUM, SÓ FUI MESMO PORQUE ESTAVA CONSCIENTE DOS RISCOS QUE EU CORRIA, MAR AGITADO ONDAS ENORMES E UM MERGULHO PÉSSIMO, EM AGUAS TURVAS…AINDA POR CIMA NÃO DEIXARAM EU USAR MINHAS NADEIRAS….CADÊ A MARINHA?????

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.