Guamare RN; “Se você ainda é pobre aos 35, a culpa é sua”, diz homem mais rico da China


1_694

O novo homem mais rico da China, o excêntrico co-fundador do Alibaba, Jack Ma, acaba de dar seu veredito sobre aqueles que se perguntam porque não foram bem-sucedidos na carreira até agora.

De acordo com o site Elite Daily, o chinês que abocanhou uma fortuna com o IPO (oferta inicial de ações) do Alibaba, escreveu um tratado afirmando que se alguém ainda não alcançou o sucesso aos 35 anos de idade, essa pessoa deve culpar a si mesma.

Em texto traduzido pelo Vulcano Post, Ma lembra da oposição que enfrentou quando propôs, pela primeira vez, a ideia de criar o Alibaba a 24 de seus amigos. “Depois de discutir por duas longas horas, eles ainda estavam confusos – eu tenho que dizer que talvez não tenha sido tão claro”, escreveu.

O resultado foi que 23 das 24 pessoas presentes na sala aconselharam o chinês a abandonar a ideia, por uma série de razões, como que “você não entende nada de internet” ou “você não tem capital suficiente para isso”.

No texto, o fundador do Alibaba escreve que “ninguém terá pena de você” se seus pais te julgarem sem valor, ou se pessoas amadas o abandonarem.

Se essas palavras não foram duras o suficiente, Ma termina o artigo lembrando seus leitores que ser pobre não garante a caridade e o amor dos outros. “Cresça ou volte para casa”, finaliza o empreendedor.

Na última sexta-feira, o Alibaba estreou na Bolsa de Valores de Nova York, em Wall Street, com uma capitação de US$ 25 bilhões e alta de 38,07% no primeiro pregão. A participação de 7,8% de Ma no grupo é avaliada em pelo menos US$ 17 bilhões.

Fonte: IG



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.