GUAMARÉ RN -Motorista não teve culpa’, diz família após enterro de universitária em Apod


enterro

17/09/2014 12h00 – Atualizado em 17/09/2014 12h02

‘Motorista não teve culpa’, diz família após enterro de universitária em Apodi

Corpo de Brenna Sonária, de 18 anos, foi enterrado nesta quarta-feira (17).
Ela morreu ao ser atropela em frente ao campus da UERN, em Mossoró.

Do G1 RN

Milhares de pessoas foram ao Cemitério São João Batista, em Apodi, para o último adeus à estudante Brenna Sonária ´´erio (Foto: Josemário Alves/SOS Notícias do RN)Milhares de pessoas foram ao Cemitério São João Batista, em Apodi, para o último adeus à estudante Brenna Sonária (Foto: Josemário Alves/SOS Notícias do RN)

A manhã desta quarta-feira (17) foi de comoção em Apodi, município da região Oeste potiguar. Milhares de pessoas percorreram as principais ruas em homenagem à universitária Brenna Sonária Noronha de Alencar, de 18 anos, que morreu nesta terça-feira (17) ao ser atropelada por um ônibus escolar em frente ao campus da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).  O corpo da jovem foi enterrado no Cemitério Público São João Batista.

Brenna, a caçula da família, cursava o segundo período de Pedagogia na instituição. Ela havia acabado de saltar do ônibus, que faz o transporte dos alunos de Apodi para Mossoró, e estava atrás do veículo quando o motorista deu marcha a ré e a atingiu. “Ele não teve culpa nenhuma. Não dava pra ele ver. Foi uma fatalidade”, disse Evandro Pinto, cunhado da estudante.

Ainda segundo o cunhado, a mãe da estudante passou mal e precisou ser hospitalizada. O pai, também bastante abalado, ficou em casa aos cuidados de uma das irmãs. “Apenas a irmã mais velha, que tem 24 anos, foi ao cemitério. O motorista também está muito chocado e não foi, mas o pai dele esteve lá para se despedir. Eles são conhecidos nossos, gente de bem”, acrescentou Evandro.

Brenna Sonaria era aluna de Pedagogia da UERN em Mossoró (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal) (Foto: Arquivo pessoal/Facebook)Brenna Sonária era aluna de Pedagogia da UERN
(Foto: Arquivo pessoal/Facebook)

Evandro contou que o reitor Pedro Fernandes, da UERN, foi à casa dos pais da estudante e disse que iria sugerir, como homenagem, o nome dela para o campus que deverá ser construído em Apodi. Em nota emitida ainda na terça, a instituição lamentou a morte da jovem e afirmou que está prestando assistência psicológica à família.

O acidente
O acidente que vitimou a estudante aconteceu na manhã desta terça-feira (16) na Avenida Antônio Campos, que dá acesso à entrada principal do campus da UERN em Mossoró. Segundo a Polícia Militar, a estudante estava no ônibus que a atingiu. “É um veículo que transporta alunos de Apodi até Mossoró. A garota desceu e foi para atrás do ônibus. Relataram que o motorista deu ré e acabou atropelando ela”, disse o cabo Uilton, da PM.

Ainda de acordo com o policial, o condutor só percebeu a jovem quando desceu do ônibus e viu o corpo da estudante preso embaixo do veículo.

Clima foi de muita comoção no enterro de Brenna Sonária (Foto: Josemário Alves/SOS Notícias do RN)Clima foi de muita comoção no enterro de Brenna Sonária (Foto: Josemário Alves/SOS Notícias do RN)



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.