Guamaré RN; Impeachment é visto de forma positiva pelo mercado e real deve ficar fortalecido


Foto: Lula Marques/Agência PT

Com os desdobramentos da 23ª fase da Operação Lava Jato, a Acarajé, deflagrada na segunda-feira (22), o mercado tem reagido de forma otimista. A nova fase da operação tem como principal alvo o publicitário João Santana, que trabalhou nas campanhas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula. Ele é suspeito de receber valores provenientes de propina de empreiteiras investigadas pela Polícia Federal.

Loading...

Saiba como esta e outras notícias devem influenciar o comportamento do mercado financeiro no boletim de abertura de mercado desta quarta-feira (24), com o superintendente regional de câmbio da SLW, João Paulo de Gracia Corrêa:

O petróleo voltou a pautar o movimento das moedas ao redor do globo ontem. Declarações de autoridades de países da OPEP [Organização dos Países Exportadores de Petróleo] desencadearam uma queda da commodity novamente. O ministro de petróleo da Arábia Saudita, Ali al-Naimi, disse em seu discurso “que não faz sentido gastar tempo buscando cortes na produção, porque isso não vai acontecer”. Já o ministro do Irã classificou a sugestão para seu país de ridícula.

Com isso, as bolsas internacionais caíram e o dólar subiu, em especial ante as moedas emergentes e de países exportadores de commodities. Aqui, o dólar fechou o pregão em alta de 0,58%, cotado em R$ 3,9644.

O preço do barril de petróleo segue em queda hoje e já anula o ganho de mais de 5% da última segunda-feira, voltando ao patamar de US$ 31,00 e provocando uma nova reação de aversão aos ativos de risco por parte dos investidores internacionais. As principais bolsas europeias exibem perdas de mais de 1,50%. Os futuros americanos também operam no negativo e o dólar avança ante a maioria das moedas fortes e emergentes.

Aqui, os agentes locais vão acompanhar o depoimento do marqueteiro João Santana, preso em Curitiba. Segundo sua defesa, ele deve dizer que “não tem um centavo de valor recebido no exterior que diga respeito a campanhas brasileiras”. Porém, terá que provar, já que a conta atribuída pela Lava Jato recebeu US$ 1,5 milhão em 2014, período em que cuidava da campanha de Dilma Rousseff.

Além disso, o ministro Gilmar Mendes, vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), avalia que é possível incluir novas provas, colhidas no âmbito da Operação Lava Jato, no processo que pede a cassação do mandato da presidente Dilma e de seu vice, Michel temer.

Com a valorização do dólar no exterior, a moeda norte-americana deve abrir o pregão local em alta ante o real. Entretanto, com o desdobramento da vigésima terceira fase da Lava Jato, com possibilidade real de um impeachment, quando uma parcela do mercado financeiro acha positiva a mudança na condução da economia do país, o real pode surpreender e se fortalecer ao longo da sessão.

UOL, via Paraná Portal

Blog do BG: http://blogdobg.com.br/#ixzz41648EjYm4822634_6_2c60_la-presidente-bresilienne-dilma-rousseff_31de2ac0df95c50a85ed14f7b00ae7ed1

Guamaré RN; Impeachment é visto de forma positiva pelo mercado e real deve ficar fortalecido
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *