GUAMARÉ RN -Faltam alimentação e água mineral no hospital, e secretário de saúde pede demissão do cargo


são do cargo

O estado de instabilidade administrativa continua no município de Guamaré, piorou ainda mais depois que a prefeita interina Diva Araújo, resolveu jogar a tolha.

Ela protocolou no ultimo dia 10, um requerimento na secretaria do legislativo, solicitando seu retorno de vereadora a Câmara Municipal, e pediu que o presidente Carlos Câmara, assumisse a prefeitura.

O presidente por sua vez, encaminhou o pedido da prefeita ao setor jurídico da Câmara e as comissões, tendo em vista que já há duas decisões  judiciais contrária a solicitação de Diva Araújo, impetrado por ela mesma ao poder judiciário, pedindo a permanência no cargo do executivo municipal.

Os setores como educação, saúde e demais departamentos sentem há dias a falta desse abandono, a falta de gestão. O vexame maior vem da saúde, o setor mais afetado, especificamente no Hospital Manoel Lucas de Miranda, que além de está faltando alimentação para os funcionários e pacientes, hoje faltou água mineral para beber, e o atual secretário de saúde pediu exoneração do cargo.

A população tem batido nas portas dos vereadores em busca de soluções emergenciais para os setores do município que sofre com esse descaso. Sensibilizados com a situação lamentável do hospital, acreditem se quiser… Os vereadores compraram do próprio bolso água mineral para atender a demanda.

Os demais PSFs espalhados na sede e zona rural do município estão praticamente fechados, quem procura pelos os serviços básicos a resposta é sempre a mesma, tem, mais está faltando. Absurdo!



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.