GUAMARÉ RN-Carlos Câmara tem o poder da caneta do Legislativo nas suas mãos


Resultado de imagem para carlos camara vereador guamaré

O vereador Carlos Câmara (PSDB), ganhou da maioria de seus pares na eleição da mesa diretora realizada no ultimo dia 10, a confiança e a oportunidade de conduzir o poder legislativo até o dia 31 de dezembro de 2018, quando ele entregará o bastão logo no dia seguinte, ao novo presidente eleito para o biênio 2019/2020 Eudes Miranda (PR). Carlos continuará na mesa diretora como vice-presidente.

Pois bem…

É fato público que desde o dia 10 quando o vereador assumiu a presidência da Câmara Municipal, Carlos vem trabalhando dia e noite para colocar a casa do povo nos trilhos. Tendo como palavra de ordem em sua curta gestão, a união e a transparência legislativa que anda ferida fez tempo.

 Mas aqui pra gente… Será que o presidente está vivendo o que prega?

O portal fez um levantamento das publicações na FECAMRN desde o primeiro dia de trabalho até hoje, mas ainda é cedo para este canal de noticias e a sociedade fazer qualquer juízo de valor. Afinal, este julgamento funciona como um “termômetro”, indicando o que é o certo e o errado, o bem e o mal, o bonito e o feio.

Temos acompanhado uma gestão com atitudes positivas e negativas, as mudanças que se esperava e se espera ainda não aconteceu. Um dos pilares mais forte de qualquer gestor, é ouvir e ser ouvido pelo o povo, e colocar em pratica o discurso da vereança ao se eleger vereador e agora presidente.

Carlos não chegou a Câmara Municipal cego ou mudo, ele é considerado um dos vereadores mais experientes. Um parlamentar que conhece os direitos e deveres, e quais são os problemas do legislativo, quem são os responsáveis por eles e como é possível solucionar esses problemas.

Quando terminar sua gestão será possível avaliar como foram os acertos e os erros… Afinal, a caneta cheia de tinta está nas mãos daquele que foi conduzido pela maioria de seus pares.

Sobre a responsabilidade do presidente está um orçamento destinado para o mês de dezembro de quase R$: 1,3 milhão do duodécimo repassado do executivo para o legislativo.  Custa nada né… Aguardar um pouco para poder fazer juízo de valor!

Eu acredito e torço para Carlos acertar!



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.