Guamaré RN; Afinal de contas, impeachment é golpe?


golpecheament

Em 2016, uma questão paira sobre o Brasil: impeachment é golpe ou não é?

Um lado parece dizer que sim.

O outro lado perguntou a um figurante do Piratas do Caribe e alguns juízes, que parecem dizer que não.

Afinal, qual lado está com a razão? Se parece difícil dizer, é por um motivo muito simples: os dois não estão falando sobre a mesma coisa.

Já que todo mundo fala sobre “Fla-Flu político”, vamos usar o futebol para demonstrar.

A política brasileira hoje é um jogo de várzea bem feio, empatado em zero a zero, mas o mandante ainda tem a vantagem, porque venceu a partida anterior.

Os dois times estão jogando na canelada, mas o atacante do adversário extrapola: já cometeu umas dez faltas dignas de expulsão.
O juiz, infelizmente, ao invés de expulsá-lo de uma vez, continua só dizendo “estou de olho, hein?”. O que deixa uma parte da torcida furiosa – com toda a razão.

Eis que esse atacante, o mais antiesportivo da partida, juntou todo seu time pra exigir a expulsão da capitã adversária – por ironia, a única que ainda não cometeu falta em campo. O motivo pra expulsá-la?

Ela pisou na linha cobrando uma lateral.

Uma falta leve, que se fosse motivo pra expulsão mesmo, ia ter que tirar uns 16 jogadores de campo.

Agora pense: como você reagiria se quisessem expulsá-lo por uma lateral, que um monte de gente já cobrou exatamente do mesmo jeito sem problemas? Você diria que a expulsão é um absurdo, claro. (Ou “golpe”, pra deixar mais dramático.)

Aí os comentaristas do jogo, que ainda fingem não torcer pra ninguém, chamam um especialista para dizer que não, a expulsão não é absurda, porque o cartão vermelho existe e está previsto nas regras.

Percebe que não é a mesma coisa que se está falando?

Ninguém disse que todas as expulsões são ilegais. Um lado só está dizendo que essa expulsão, sem existir falta grave, é ilegal.

Já o outro está respondendo que essa expulsão não é ilegal, porque o jogo prevê expulsões. Ponto.

É como dizer “ei, você não pode prender alguém por levar vinagre na mochila e usar lenço hipster no pescoço!”

E o Eros Grau te responder “desculpa filho, tá escrito na lei aqui que a polícia pode prender pessoas”.

Não é a mesma coisa, deu pra entender?

Então essa é a situação do jogo. Se você torce pra um time ou outro, ou quer mesmo que os dois sejam eliminados, é totalmente seu direito.

Só não esqueça que vitória roubada não é legítima. Que se as regras não forem respeitadas, nenhuma partida será mais possível. E que uma expulsão ilegal, a essa altura do campeonato, vai fazer as torcidas quebrarem tudo no estádio, com grandes chances de tragédia.

Se você acha que vale a pena arriscar tudo isso só pra ver seu adversário derrotado… Sinto dizer, mas não estamos no mesmo time.

(Juca Kfouri cedeu sua narração gratuitamente. Este vídeo não foi criado nem financiado por nenhum partido político, empresa offshore, federação de indústria ou organização vinculada.)



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.