FOTOS IMAGENS-‘Vou passar o trator’, diz Ibaneis sobre invasões no DF


“São pessoas bastante humildes que têm sido utilizadas como massa de manobra”, afirmou o delegado Rodrigo Bonach.

 

Para controlar a situação, o GDF anunciou que vai criar um comitê para prevenir novas invasões em Brasília. Explicou ainda que já está em andamento um mapeamento por imagens de satélite para identificar construções que surgiram desde o ano passado.

"Cosntruções"Cosntruções

Cosntruções derrubadas no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Invasões no DF

 

Mesmo a invasão de terras sendo um dos principais temas de debate na última eleição, barracos e outras construções improvisadas seguem ocupando as ruas da capital.

invasão da Chácara Santa Luzia – uma das regiões mais pobres do DF, próximo à Estrutural – é uma dessas áreas que mais crescem com o tempo.

Em contrapartida, a fiscalização tem sido intensificada. Desde janeiro, a Agefis já fez 56 operações. Nesta semana, também houve derrubada na Estância Mestre D” armas,=”” em=”” planaltina.=”” a=”” área=”” é=”” destinada=”” um=”” parque=”” ecológico=”” na=”” região.<=”” p=””>

Segundo a fiscalização, a invasão começou em novembro do ano passado e cresceu 93% em apenas três meses.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

 


Trator derruba construção em invasão no DF — Foto: TV Globo/ReproduçãoTrator derruba construção em invasão no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Trator derruba construção em invasão no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

O governador Ibaneis Rocha (MDB) disse, nesta quarta-feira (27), que pretende acabar com ocupações irregulares no Distrito Federal e que, para isso, vai “passar o trator” (veja vídeo abaixo).

“Eu vou regularizar aquilo que é passível de regularização. Em invasões, eu vou passar o trator da maneira como está sendo feita.”

O comentário do chefe do Buriti sobre o futuro de construções em locais não autorizados foi feito após a saída dele da sessão do Tribunal de Contas da União (TCU). Em entrevista, Ibaneis afirmou que tem levado à polícia os casos de uso irregular de terras públicas.

“O Distrito Federal tem um passado muito triste de invasões, e as pessoas continuam com essa mentalidade achando que eu vou regularizar alguma coisa”, disse.

00:00/00:00

Erro ao carregar o recurso de vídeo.

Ocorreu um problema ao tentar carregar o vídeo. Atualize a sua página para tentar novamente.

Acesso gratuito

Faça seu login grátis e tenha acesso ilimitado às exclusividades G1

Ibaneis fala que vai 'passar o trator' em invasões

Ibaneis fala que vai ‘passar o trator’ em invasões

Além disso, o governador deixou uma espécie de recado à população ao reafirmar que não vai abrir mão da desocupação de áreas públicas e que vai pedir a prisão dos responsáveis pela compra e venda ilegal dos terrenos.

“Estou colocando a polícia para investigar quem está incentivando essas invasões. Vou prender os verdadeiros grileiros dessa cidade”.

“Quem quiser invadir, vai saber que vai perder a sua casa, o seu barraco.”

Massa de manobra

Já a Polícia Civil disse que vai averiguar os casos de ocupação das terras e que “desconfia que os invasores estão seguindo orientações”.

“São pessoas bastante humildes que têm sido utilizadas como massa de manobra”, afirmou o delegado Rodrigo Bonach.

Para controlar a situação, o GDF anunciou que vai criar um comitê para prevenir novas invasões em Brasília. Explicou ainda que já está em andamento um mapeamento por imagens de satélite para identificar construções que surgiram desde o ano passado.

Cosntruções derrubadas no DF — Foto: TV Globo/ReproduçãoCosntruções derrubadas no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Cosntruções derrubadas no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Invasões no DF

Mesmo a invasão de terras sendo um dos principais temas de debate na última eleição, barracos e outras construções improvisadas seguem ocupando as ruas da capital.

invasão da Chácara Santa Luzia – uma das regiões mais pobres do DF, próximo à Estrutural – é uma dessas áreas que mais crescem com o tempo.

Em contrapartida, a fiscalização tem sido intensificada. Desde janeiro, a Agefis já fez 56 operações. Nesta semana, também houve derrubada na Estância Mestre D’Armas, em Planaltina. A área é destinada a um parque ecológico na região.

Segundo a fiscalização, a invasão começou em novembro do ano passado e cresceu 93% em apenas três meses.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

“São pessoas bastante humildes que têm sido utilizadas como massa de manobra”, afirmou o delegado Rodrigo Bonach.

 

Para controlar a situação, o GDF anunciou que vai criar um comitê para prevenir novas invasões em Brasília. Explicou ainda que já está em andamento um mapeamento por imagens de satélite para identificar construções que surgiram desde o ano passado.

"Cosntruções"Cosntruções

Cosntruções derrubadas no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Invasões no DF

 

Mesmo a invasão de terras sendo um dos principais temas de debate na última eleição, barracos e outras construções improvisadas seguem ocupando as ruas da capital.

invasão da Chácara Santa Luzia – uma das regiões mais pobres do DF, próximo à Estrutural – é uma dessas áreas que mais crescem com o tempo.

Em contrapartida, a fiscalização tem sido intensificada. Desde janeiro, a Agefis já fez 56 operações. Nesta semana, também houve derrubada na Estância Mestre D” armas,=”” em=”” planaltina.=”” a=”” área=”” é=”” destinada=”” um=”” parque=”” ecológico=”” na=”” região.<=”” p=””>

Segundo a fiscalização, a invasão começou em novembro do ano passado e cresceu 93% em apenas três meses.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.