FOTOS IMAGENS-Vítimas de queda de avião em Belém são veladas


00_cessna

Do G1 PA

As vítimas da tragédia que culminou na morte de quatro pessoas após queda de monomotor na mata da Embrapa, no bairro da Terra Firme, em Belém, estão sendo veladas neste domingo (3).

O velório do instrutor de paraquedismo Douglas Dourado ocorre em uma capela particular localizada na avenida José Bonifácio, bairro de São Brás. O corpo será sepultado no começo desta tarde, em Marituba, região metropolitana de Belém.

Ronaldo Canavarro, comandante da aeronave, está sendo velado no Aeroclube do Pará. Os velórios de Reginaldo Alves Pinheiro e Lara Ferreira Pinheiro ocorrem em locais distintos. Reginaldo está sendo velado na casa de familiares, no município de Abaetetuba, nordeste do estado. O enterro será nesta tarde, no cemitério Nossa Senhora da Conceição.

Lara Pinheiro é velada em capela particular, na José Bonifácio, em Belém. O sepultamento está marcado para esta segunda-feira (4), no Cemitério Santa Izabel, no bairro do Guamá.

O acidente
Segundo o Primeiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa I), o monomotor decolou às 12h50 do aeroclube do Pará com cinco ocupantes. Um dos alunos da aula de paraquedismo conseguiu realizar o salto e chegar em segurança ao solo, antes da queda da aeronave.

O acidente aconteceu 13h38, quando o avião caiu em uma área da Embrapa, em Belém . O piloto Ronaldo Olímpio Oliveira Canavarro, o instrutor de paraquedismo Douglas Dourado e os passageiros Reginaldo Pinheiro e sua filha Lara Pinheiro, não resistiram à queda e morreram no local.

Os corpos de três vítimas foram encontrados ao lado do avião. O quarto corpo só foi localizado por peritos às 16h, a cerca de 300m do local da queda do monomotor. Todos foram removidos e levados para o Instituto Médico Legal, onde chegaram as 17h50. Os corpos passarão por exame de necropsia para, posteriormente, serem identificados pelos familiares. Ainda não há previsão de quando ocorrerá a liberação dos corpos.

De acordo com o Registro Aeronáutico disponível no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), consta no cadastro do avião que sua “Situação de Aeronavegabilidade” era “Normal”, garantindo as condições de voo da aeronave.

Representantes de órgãos do sistema de segurança pública como Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e ProPaz participaram de uma coletiva de imprensa sobre o ocorrido. Uma equipe de psicólogo do ProPaz vai prestar apoio às famílias da vítimas.

A empresa Aerotur, dona do monomotor fornecido para as aulas de paraquedismo, foi procurada pela reportagem da TV Liberal, mas ainda não se posicionou sobre o acidente.

Aeronave com paraquedistas cai em terreno da Embrapa no Pará (Foto: Reprodução/TV Liberal)Aeronave com paraquedistas cai em terreno da Embrapa no Pará (Foto: Reprodução/TV Liberal)

 

FOTOS IMAGENS-Vítimas de queda de avião em Belém são veladas
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *