FOTOS IMAGENS-Vigilância Sanitária do Rio recolhe amostras de carnes em supermercados



Equipe da Vigilância Sanitária chega a supermercado em Botafogo (Foto: Alba Valéria Mendonça/ G1)Equipe da Vigilância Sanitária chega a supermercado em Botafogo (Foto: Alba Valéria Mendonça/ G1)

Equipe da Vigilância Sanitária chega a supermercado em Botafogo (Foto: Alba Valéria Mendonça/ G1)

Técnicos da Vigilância Sanitária Municipal recolhem, na manhã deste sábado (18), amostras de carnes e derivados em vários supermercados na cidade do Rio de Janeiro. O objetivo é verificar as condições dos produtos que estão sendo levados ao público, após a operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que investiga a adulteração e venda de carne estragada.

Segundo a gerente técnica Aline Borges, foram recolhidas peças de quatro cortes de carne em um supermercado de Botafogo e pedaços de carne de um mesmo lote em outro mercado, em Copacabana, ambos na Zona Sul do Rio. Todas as peças recolhidas são de marcas procedentes do frigorífico JBS, que é o único fornecedor dos supermercados.

“Depois da ação da Polícia Federal nos frigoríficos, decidimos fazer essa fiscalização pra saber se o produto que está sendo vendido está dentro das condições ideais de consumo. O material vai ser analisado no nosso laboratório. Durante a semana vamos recolher amostras de produtos de frango e embutidos, como linguiça,” disse Aline.

O G1 procurou o frigorífico JBS para o posicionamento sobre a fiscalização da Vigilância Sanitária Municipal do Rio de Janeiro e aguarda um posicionamento sobre o caso.

Na sexta-feira (17), a JBS admitiu que três de suas fábricas foram alvo da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, mas negou qualquer práticade adulteração em seus produtos. O frigorífico reforçou que adota padrões de qualidade rigorosos e que possui diversas certificações que comprovam suas boas práticas.

A operação vai se prolongar até quarta-feira (22) em vários supermercados do Rio.

Entre os produtos vistoriados estão amostras de carne resfriada embalada a vácuo e de carne moída industrializada, que serão encaminhadas ao Laboratório de Controle de Produtos da Vigilância Sanitária para realização de testes.

Os exames incluem análise microbiológica, que identifica a contaminação por microorganismos; de rotulagem, microscopia, análise sensorial, que verifica se a carne possui alterações de textura, odor e cor; além de análises físico-químicas.

Os produtos com resultados considerados insatisfatórios, com validade vencida e armazenados em temperatura inadequada terão lotes retirados dos mercados.

Fiscais analisam gôndola de carnes em supermercado vistoriado em Copacabana (Foto: Alba Valéria Mendonça/ G1)Fiscais analisam gôndola de carnes em supermercado vistoriado em Copacabana (Foto: Alba Valéria Mendonça/ G1)

Fiscais analisam gôndola de carnes em supermercado vistoriado em Copacabana (Foto: Alba Valéria Mendonça/ G1)



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.