FOTOS IMAGENS-Preso, suspeito confessa ter matado mototaxista no RN a pauladas e golpes de capacete



João Batista de Oliveira tem 28 anos, e segundo delegado confessou o crime — Foto: PM/DivulgaçãoJoão Batista de Oliveira tem 28 anos, e segundo delegado confessou o crime — Foto: PM/Divulgação

João Batista de Oliveira tem 28 anos, e segundo delegado confessou o crime — Foto: PM/Divulgação

Foi preso na manhã desta segunda-feira (19) na zona rural de Nova Cruz, município da região Agreste potiguar, um homem suspeito de ter assassinado o mototaxista Gerson Kennedy Ferreira, de 23 anos, cujo corpo foi encontrado na semana passada em um lixão no município de Goianinha, na Grande Natal.

Segundo a PM, o suspeito é João Batista de Oliveira, de 28 anos, que confessou ter matado o mototaxista a pauladas e golpes de capacete. João, que é desempregado, foi encontrado após uma denúncia anônima. Estava caminhando em uma estrada de terra, no distrito de Lagoa dos Currais.

Segundo o delegado Wellington Guedes, titular da DP de Goianinha, o suspeito alegou que não tinha dinheiro para pagar uma corrida que pegou com o mototaxista, e que Gerson teria tentado agredi-lo por causa disso.

Esta é a segunda vez que João Batista de Oliveira é preso. Entre 2009 e 2011, ele passou um ano e meio preso por lesão corporal.

Gerson Kennedy Ferreira, de 23 anos, foi encontrado morto em Goianinha — Foto: Reprodução/Inter TV CabugiGerson Kennedy Ferreira, de 23 anos, foi encontrado morto em Goianinha — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Gerson Kennedy Ferreira, de 23 anos, foi encontrado morto em Goianinha — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O caso

A prisão de João Batista foi decretada pela Justiça no último dia 16, um dia após o corpo de Gerson ter sido encontrado. O mototaxista estava desaparecido fazia três dias.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito teria contratado Gerson para uma viagem. “Segundo depoimento das testemunhas, o investigado alegou que não possuía o valor de R$ 35 acordado pela viagem e resolveu matar o mototaxista e ficar com a moto”, acrescentou o delegado Wellington Guedes.

O mototaxista morava e trabalhava no município de Santo Antônio. De acordo com familiares, Gerson começou a trabalhar aos 18 anos de idade. Desde que desapareceu, amigos e colegas se organizaram para fazer buscas em Goianinha – último destino dele, antes do crime.

Os investigadores contam com um vídeo que mostra o momento em que o suspeito se aproxima do mototaxista e, aparentemente, explica o destino para onde estava querendo ir. Em seguida, os dois deixam o ponto de mototáxi. As imagens fazem parte do inquérito policial.

Gerson deixa uma mulher com quem tinha união estável e dois filho, um de 3 outro de 5 anos.

 

FOTOS IMAGENS-Preso, suspeito confessa ter matado mototaxista no RN a pauladas e golpes de capacete
Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *