FOTOS IMAGENS-O Pachuca está no caminho do Grêmio para chegar à decisão do Mundial de Clubes. Neste sábado, o mexicanos venceram o Wydad Casablanca, do Marrocos, por 1 a 0, com um gol de Guzmán


  • O JOGOO Pachuca está no caminho do Grêmio para chegar à decisão do Mundial de Clubes. Neste sábado, o mexicanos venceram o Wydad Casablanca, do Marrocos, por 1 a 0, com um gol de Guzmán, no segundo tempo de prorrogação, e avançou para a semifinal da competição. E, se Renato Portaluppi assistiu ao jogo, viu que terá pela frente um adversário que deu espaço para os marroquinos e teve muita dificuldade para finalizar e levar perigo. O confronto entre Grêmio e Pachuca será na próxima terça-feira, às 15h (de Brasília).

  • DESTAQUE90 MINUTOSApós um primeiro tempo de poucas emoções e com apenas uma finalização, aos 41 minutos, o Pachuca voltou do intervalo com mais vontade e mostrando que tinha mais futebol para vencer o jogo. Honda, com um chute de fora da área, quase abriu o marcador, logo aos 3 minutos da segunda etapa. O volante Nakach, do Wydad Casablanca, ainda tratou de facilitar as coisas ao ser expulso por segundo cartão amarelo aos 23 minutos. Ainda assim, os mexicanos criaram pouco e quase não assustram o goleiro Laaroubi. Já nos acréscimos, Jara cabeceou firme na segunda trave, mas mandou na rede pelo lado de fora. A decisão ficou para a prorrogação.

  • DESTAQUEPRORROGAÇÃODepois do lance de perigo nos acréscimos, o Pachuca percebeu que o caminho seria mesmo pelo alto. E, assim, começou a alçar bolas na área na prorrogação. Aos 4 minutos, Guzmán levou perigo em lance que Laaroubi quase se enrolou. Mesmo com a superioridade numérica, os mexicanos foram sentindo o cansaço e tinham dificuldade para criar no ataque. Na volta do segundo tempo, o Wydad quase abriu o placar, em contra-ataque, mas Hajhoujd chutou para fora. Aos seis, enfim, saiu o gol: Urretaviscaya recebeu na direita e levantou na cabeça de Guzmán, que cabeceou sem chances para o goleiro. A partir daí, foi só controlar até o apito final.

  • DESTAQUEHONDA APAGADOMaior nome do Pachuca, o meia Honda, ex-Milan, teve uma atuação um tanto discreta. Apesar de ter mostrado sua qualidade técnica nos passes, o jogador japonês esteve longe de ser o destaque da partida. Levou perigo em um chute de fora da área, no início do segundo tempo, mas faltou chamar mais o jogo. Ficou sumido em boa parte do confronto.

LANCE A LANCE



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.