FOTOS IMAGENS-Novas peças de avião que caiu com cantor Gabriel Diniz são encontradas em mangue meses após acidente Delegado federal diz que material será avaliad



00:00/00:00

Erro ao carregar o recurso de vídeo.

Ocorreu um problema ao tentar carregar o vídeo. Atualize a sua página para tentar novamente.

Acesso gratuito

Faça seu login grátis e tenha acesso ilimitado às exclusividades G1

Peças foram encontradas em mangue

Peças foram encontradas em mangue

Após quase quatro meses do acidente aéreo que vitimou o cantor Gabriel Diniz e dois pilotos, novos pedaços do avião foram encontrados por um pescador em uma área de mangue próximo ao local do acidente, no Povoado Porto do Mato, em Estância (SE).

“O meu marido que é pescador encontrou uma parte da asa e uma outra parte da aeronave, onde aparece o prefixo do avião, há cerca de um mês. Entramos em contato com a Polícia Federal que ainda não veio buscar”, disse Neuziane dos Santos, moradora da região.

No entanto, a Polícia Federal disse que só foi informada sobre o material através da reportagem exibida da TV Sergipe. Segundo o delegado Marcio Alberto Gomes, será feito um contato com a pessoa que encontrou as peças do avião. “Vamos oportunizar essa peça para a perícia tanto da aeronáutica e quanto da Polícia Federal para ver se existe algum interesse efetivo, se houver relevância a peça será apreendida e será remetida para completar os trabalhos periciais, se não houver, ela será descartada como foi feito com o resto da fuselagem”, explicou o delegado.

Encontrada nova peça pertencende à aeronave onde estavam Gabriel Diniz e os dois pilotos — Foto: Neuziane dos SantosEncontrada nova peça pertencende à aeronave onde estavam Gabriel Diniz e os dois pilotos — Foto: Neuziane dos Santos

Encontrada nova peça pertencende à aeronave onde estavam Gabriel Diniz e os dois pilotos — Foto: Neuziane dos Santos

Ainda de acordo com ele, diligências foram realizadas no local junto com equipes da Aeronáutica, que recolheram as peças consideradas mais importantes para os trabalhos periciais. “As buscas foram encerradas quando os peritos da aeronáutica e da Polícia Federal entenderam que já havia sido resgatado uma quantidade de peças que era oportuna para realização dos trabalhos”, contou ele.

Em junho, parte da fuselagem do avião foi devolvida ao proprietário, que ficou com o motor e o trem de pouso e vendeu o restante das peças de alumínio e ferro para um depósito de material reciclável em Aracaju.

Parte da aeronave e objetos dos passageiros — Foto: Marcos Rodrigues/ASN/Divulgação/ArquivoParte da aeronave e objetos dos passageiros — Foto: Marcos Rodrigues/ASN/Divulgação/Arquivo

Parte da aeronave e objetos dos passageiros — Foto: Marcos Rodrigues/ASN/Divulgação/Arquivo

Investigação

A Polícia Federal (PF) em Sergipe confirmou nesta terça-feira (24) que pediu à Justiça Federal, pela terceira vez, a prorrogação por mais 30 dias do prazo para concluir o inquérito sobre o acidente aéreo.

primeiro pedido foi feito em julho e o segundo em agosto. De acordo com a PF, o pedido ocorreu porque alguns laudos ainda não foram entregues.

Veja também



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.