FOTOS IMAGENS-Motorista de aplicativo dirige quase 1 km após ser baleado e morre ao pedir ajuda em SP



Motorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: Arquivo PessoalMotorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: Arquivo Pessoal

Motorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: Arquivo Pessoal

Um motorista de aplicativo foi morto na madrugada desta sexta-feira (2) na Rodovia Rio-Santos, na altura do bairro Monte Cabrão, em Santos, litoral paulista, após uma tentativa de roubo. Ao ser abordado por dois suspeitos, ele tentou fugir mas foi baleado no pescoço. O motorista ainda dirigiu por quase 1 km para pedir ajuda, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo informações da Polícia Rodoviária, a vítima foi identificada como Jairo Zene Urbano, de 64 anos. O crime aconteceu por volta de 00h20, quando ele dirigia no sentido Bertioga para buscar um casal, que havia solicitado uma viagem pelo aplicativo. Porém, ao parar no acostamento, no Km 247, foi abordado por dois homens que anunciaram o roubo. Ao perceber o que estava acontecendo, o motorista tentou fugir com o carro mas foi baleado no pescoço.

Motorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: Divulgação/Guarujá Notícias Motorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: Divulgação/Guarujá Notícias

Motorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: Divulgação/Guarujá Notícias

Depois de ser atingido, Urbano ainda dirigiu por cerca de 1km até chegar na base da Polícia Rodoviária, localizada no Km 246. Ele pediu ajuda aos policiais, que o tiraram do carro e tentaram socorrer a vítima. Porém, a essa altura, segundo a polícia, ele já havia perdido muito sangue pois a bala atingiu uma artéria. Urbano não resistiu e logo veio a óbito.

Foi registrado boletim de ocorrência como homicídio doloso, quando há intenção de matar, mas até o momento os suspeitos ainda não foram identificados.

Procurada pelo G1, a Uber informa que a empresa está “profundamente entristecida em saber que o motorista Jairo Zene foi vítima desse crime terrível e compartilha os sentimentos de mais profundo pesar com a família nesse momento de dor”.

A Uber ainda afirma que não tolera nenhum comportamento criminoso. O usuário relacionado à última viagem foi banido e a empresa vai colaborar com as autoridades no curso das investigações, nos termos da lei, para que o responsável seja levado à Justiça o mais rápido possível. Todas as viagens com a Uber são registradas por GPS.

Protesto

Durante o período da manhã, amigos do motorista assassinado e condutores de aplicativo na cidade fizeram um protesto em Guarujá para cobrar providências das autoridades em relação ao crime.

Motorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: G1 SantosMotorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: G1 Santos

Motorista de aplicativo estava prestes a iniciar nova corrida quando foi baleado — Foto: G1 Santos

MAIS DO G1
FOTOS IMAGENS-Motorista de aplicativo dirige quase 1 km após ser baleado e morre ao pedir ajuda em SP
Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *