FOTOS IMAGENS-Médico assassinado em Timbó foi atraído por uma mulher para o local do crime, diz polícia


 

Loading...

Médico que estava desaparecido é encontrado morto em Timbó; 4 são presos

Médico que estava desaparecido é encontrado morto em Timbó; 4 são presos

Omédico Cleonildo Aldeman de Oliveira, de 64 anos, assassinado em Timbó, no Vale do Itajaí, foi atraído por uma mulher até o local do crime, apontam as investigações da Polícia Civil. O corpo da vítima foi encontrado parcialmente carbonizado na madrugada deste sábado (23), numa ribanceira na região do Morro Azul, no município.

Oliveira foi morto por asfixia, apontou laudo do Instituto Médico Legal (IML), no último dia 16. A intenção dos criminosos era roubar dinheiro, pertences e informações bancárias dele, segundo a Polícia Civil. O médico trabalhava no Hospital Oase de Timbó e era natural de Maceió (AL).

A mulher, que seria garota de programa, está presa de forma temporária, assim como outros três homens – dois deles confessaram o crime, incluindo o namorado dela, que apontou ainda a localização do corpo. Os quatro vão responder por latrocínio (roubo seguido de morte) e ocultação de cadáver. Um quinto suspeito, que também teve a prisão temporária decretada pela Justiça, é procurado.

Para a polícia, o crime foi premeditado. “Ele foi atraído por uma mulher que já conhecia. Primeiro foram à casa dele, depois à residência dela. Lá estavam outros dois homens aguardando, com o intuito de roubar e ir até a casa dele para roubar objetos de valor. Mas a situação saiu do controle e eles acabaram matando o médico dentro dessa casa”, disse o delegado responsável pelo inquérito, Raphael Werling de Oliveira.

O médico Cleonildo Aldeman de Oliveira foi assassinado em Timbó, no Vale do Itajaí (Foto: Reprodução/NSC TV)O médico Cleonildo Aldeman de Oliveira foi assassinado em Timbó, no Vale do Itajaí (Foto: Reprodução/NSC TV)

O médico Cleonildo Aldeman de Oliveira foi assassinado em Timbó, no Vale do Itajaí (Foto: Reprodução/NSC TV)

Depois da morte, os bandidos colocaram o médico dentro do carro dele e foram até o Morro Azul, onde colocaram fogo no corpo. O veículo, uma Land Rover, foi abandonado perto de um complexo esportivo da cidade. O automóvel foi encontrado no domingo (17), pela Polícia Militar, com marcas de sangue dentro.

Os três homens presos já têm passagens pela polícia. Eles e a mulher estão na delegacia de Timbó e depois vão ser transferidos para o presídio de Blumenau.

MAIS DO G1
FOTOS IMAGENS-Médico assassinado em Timbó foi atraído por uma mulher para o local do crime, diz polícia
Avalie esta postagem



Loading...

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *