FOTOS IMAGENS-Manifestantes pulam janelas e invadem sede da prefeitura de Olinda;


or telefone, Lídia contou que estava entre os manifestantes que invadiram o prédio da prefeitura. “Eu pulei a janela porque me impediram de entrar”, disse.

O protesto foi também para cobrar uma posição sobre a situação das famílias que moram em edifícios condenados pela Defesa Civil do município. Noventa e oito prédios do tipo caixão correm risco de desabamento e, no começo de janeiro, moradores de três imóveis foram notificados a deixar as moradias, em Rio Doce.

Por meio de nota, a prefeitura de Olinda informou ter recebido uma comissão formada por integrantes de movimentos sociais. Ainda segundo a administração do município, há 1.376 famílias recebendo o benefício de R$ 130 de auxílio-moradia e há, ainda, outras duas mil na fila de espera.

“A política habitacional é uma prioridade da atual gestão. Desde, 2017 foram entregues os habitacionais Carlos Lamarca, Vila Brasília e Cuca Legal 1”, afirmou a prefeitura, no texto.

Em 2020, os habitacionais Cuca Legal 2 e Sapucaia/Aguazinha devem ser entregues à população, segundo a gestão municipal. Os empreendimentos são construídos pelo município com verba do Programa de Aceleração do Crescimento e cabe à prefeitura definir quem vai morar nos imóveis.

Manifestantes invadiram a sede da prefeitura de Olinda nesta quinta-feira (23), durante protesto por moradia — Foto: Reprodução/WhatsAppManifestantes invadiram a sede da prefeitura de Olinda nesta quinta-feira (23), durante protesto por moradia — Foto: Reprodução/WhatsApp

Manifestantes invadiram a sede da prefeitura de Olinda nesta quinta-feira (23), durante protesto por moradia — Foto: Reprodução/WhatsApp

2
COMENTÁRIOS



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.