FOTOS IMAGENS FORTES; Taxista Desaparecido Encontrado Em Estado Avançado De Decomposição No Amapá


172237_thumbNesta última quarta-feira (08) a Secretaria de Justiça e Segurança Pública informou que o corpo encontrado pela polícia seria do taxista de 58 anos que estava desaparecido em Macapá. Segundo informações, o taxista identificado como Raimundo Wilson Barros Brito estava desaparecido desde a última sexta feira (03) quando saiu para pegar uma corrida com um passageiro. O corpo foi encontrado na noite desta última terça-feira (07) no ramal São José na altura do quilômetro 77 da BR-210 em Porto Grande (115 km de Macapá). O veículo da vítima ainda não foi encontrado pelos policiais militares e civis. A hipótese levantada sobre o caso é de latrocínio que é roubo seguido de morte. Apesar dos indícios o instituto da Polícia Técnico-Científica ainda não emitiu nenhum laudo sobre a identidade do corpo. O caso segue em investigação pela Delegacia de Crimes Contra a Pessoa. O desaparecimento ganhou repercussão após a mobilização de outros taxistas na tentativa de encontrar Raimundo e a família iniciar uma campanha na internet. O taxista tem 05 filhos e trabalhava há mais de 20 anos na profissão no período noturno.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Um comentário em “FOTOS IMAGENS FORTES; Taxista Desaparecido Encontrado Em Estado Avançado De Decomposição No Amapá

  • 12 de julho de 2015 a 02:00
    Permalink

    Boa noite, gostaria de deixa alguns esclarecimentos em relação a esse caso. Sou sobrinho do “Senhor Wilson” como era conhecido no meio da classe taxista, não apenas na condição de sobrinho mais quem o conhecia sabia seus hábitos de se vestir, então venho esclarecer que meu Tio não usava calças jeans em hipótese alguma nem em seu guarda roupas esse tipo de peça ele tinha! Meu Tio sempre usava calças sociais e camisa gola polo, então como de costume no dia de seu desaparecimento ele trajava como de costume, calça social preta e camisa gola polo na cor branca, e com essa mesma roupa ele encontrava-se no IML no momento do reconhecimento do corpo.
    Posso afirmar a você nobre companheiro, que no momento em que o corpo foi encontrado, a Policia Civil fez um trabalho integro, (para fins de evitar esse tipo de exposição) o local foi completamente isolado, sem que ninguém pudesse se aproximar, até mesmo os familiares que se encontravam nas proximidades no momento da remoção do corpo, telefones celulares e quais quer outro esquipamento eletrônico que pudesse registrar imagem foram removidos, exceto da perícia pq de fato se fazia necessário no momento.
    Essa foto está circulando em redes sociais a algum tempo, não sabemos a origem dela.
    É extremamente lamentável um jornalismo dessa natureza, SINTO MUITO, MAIS VOCÊ REALMENTE DEIXOU A DESEJAR COMO PROFISSIONAL DO NOSSO TÃO CONCEITUADO JORNALISMO AMAPAENSE.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.