FOTOS IMAGENS FORTES; MAIS UM PRESO É ENCONTRADO ENFORCADO NO PRESÍDIO DO RN E POLÍCIA SUSPEITA DE ASSASSINATO


download (2)

O presidiário Denison Barbosa de Oliveira, de 27 anos foi encontrado morto na manhã desta terça-feira 25/08, em uma das nove celas do primeiro andar do Centro de Detenção Provisória do Potengi, na zona Norte de Natal. A vítima estava enforcada com um lençol, porém a polícia suspeita que o detento que cumpria pena por roubo, foi assassinado.

Segundo informações foram os próprios companheiros de cela que avisaram aos policiais e agentes da unidade sobre a morte, e imediatamente a direção acionou os policiais civil da Dehom (Delegacia Especializada de Homicídios).

O delegado Roberto Andrade analisou o local e ouviu preliminarmente outros presidiários que podem ter testemunhado o fato. “Iremos investigar essa morte por que há indício de que a vítima foi assassinada, mas ainda não podemos afirmar isso sem apurarmos detalhes que serão apresentados também com exames e laudos da perícia do ITEP”, disse o delegado.

A mãe do presidiário, Célia Barbosa estava inconformada pedindo respostas aos policiais que estavam presente no CDP, ela também não acredita que o filho cometeu suicídio.

A visita social que estava marcada para o final da manhã foi suspensa pela direção até a conclusão dos trabalhos dos policiais.

Esse foi o segundo caso registrado em dois dias em cadeias da capital, na segunda, a vítima foi Cassiano Henrique encontrado também enforcado na Cadeia Pública de Natal. As mortes podem estar relacionadas a brigas entre facções rivais que já duram duas semanas em presídios de todo o Estado.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.